Autor de ”Pecado Mortal” confessa que trama pode ser adiada

 

Foi noticiado recentemente pelo jornalista Flávio Ricco que a equipe de produção de ”Pecado Mortal”, próxima novela da Record, estava tendo uma certa dificuldade na construção de alguns cenários para a trama. Eles representariam a década de 1940.

Em meio a isso, e tentando esclarecer os fatos, o novelista decidiu se pronunciar e colocar ”os pingos nos ”is”: ”Hoje na coluna do Flávio Ricco é mencionada uma suposta dificuldade de produção em Pecado Mortal por conta das cenas do primeiro capítulo. Lá é dito que há cenários específicos para as cenas de 1941. É fato. O que não foi informado é que são 3 os cenários apenas dessa fase. Desses cenários, 1 é de porte médio, 2 são pequenos. E os três são reutilizados em 1977. Ou seja, serão usados na novela toda. E são 3. Que fique claro: não estou reclamando do Flávio. Só de quem passou a informação de uma maneira a criar problemas onde eles não existem”’, disse ele.

Dando continuidade a sua explicação, Carlos Lombardi deixa claro que ”Pecado Mortal” pode vir a estrear apenas no próximo ano, confirmando assim, alguns boatos: ”Se há desafios na produção da novela, eles residem na grande quantidade de externas e de cenas de ação nos primeiros capítulos. Sou o primeiro a admitir que a novela é um belo desafio à produção – mas não por conta dos 3 cenários e 3 locações das cenas em 1941. Se – e que fique destacado o SE – a novela não estrear este ano será por decisões de programação e não de impossibilidades de produção”, declarou.

@leonaardogsilva 

Novela de Carlos Lombardi na Record poderá estrear apenas em 2014

 

Ano passado, foi comentado sobre a nova política que a Record adotaria diante de suas novas novelas. Não seguindo o exemplo de muitas delas, que contaram com um número excessivo de capítulos, seriam exibidas com uma duração bem menor. Fora isso, havia até uma fila de autores para seu principal horário. Algo jamais visto até então.

A primeira delas era ”Dona Xepa”, seguida por ”Pecado Mortal” e uma outra história de autoria de Christiane Fridman. Porém, tudo desandou. Agora, não se fala em apenas 65 capítulos para ”Xepa”, e sim 96 – sem citar os boatos, que dão conta de 200. 

”Pecado Mortal”, que tem todo seu elenco escalado e cujo gravações deveriam ser realizadas ainda neste ano para que sua estreia também ocorresse em 2013 poderá ficar apenas para o ano seguinte. Segundo o jornalista Flávio Ricco, deverão espichar a trama de Gustavo Reiz ”até onde der” e colocar no lugar de ”Pecado” uma outra de Christiane Fridman. Esta teria preferência justamente pelos seus custos de produção, inferiores aos do folhetim de Carlos Lombardi.

@leonaardogsilva 

Após demissões, ”Pecado Mortal” pode ficar apenas para 2014

 

A Record realizou recentemente uma série de demissões de profissionais do Recnov, seu complexo de estúdios do Rio de Janeiro, onde suas novelas são gravadas. Mais de 110 funcionários foram dispensados. Sabe-se que em meio á esta crise financeira,  o setor de Teledramaturgia poderá ser afetado.

Um exemplo disso é a estreia de ”Pecado Mortal”, grande aposta da emissora deste ano. A novela cujo está em fase de pré-produção e tem todo seu elenco escalado, poderá estrear apenas no próximo ano, em Fevereiro, tendo suas gravações iniciadas no final do ano.

Com isso, a Record trabalharia apenas com os profissionais envolvidos c0m ”Dona Xepa”, substituta de ”Balacobaco” até o segundo semestre deste ano. Logo, a trama de Gustavo Reiz teria o dobro de capítulos previstos. Não mais 90, e sim quase 200.

@leonaardogsilva 

 

 

”Pecado Mortal” estreará com boa frente de capítulos

 

Carlos Lombardi  - autor da próxima novela da Record – deu uma entrevista ao site da emissora e falou um pouco mais sobre sua próxima obra. ”Pecado Mortal”, título da trama deverá encerrar com uma boa frente de capítulos. E isso entusiasma o novelista: ”Pela primeira vez na minha vida, vamos estrear uma novela com 30 capítulos de frente. Mas, estou escrevendo tudo com muita calma, devagar”.

Ele também revelou um detalhe do enredo do folhetim, que irá girar em torno dos conflitos entre duas famílias: ”O conflito central será a luta pelo poder dentro de uma família de bicheiros e a rivalidade desta família com uma segunda família de bicheiros”.

Por mais que tenha se mudado da Globo, Lombardi garante que não deixou para trás seus amigos de lá: ”Somos amigos. Sempre dizemos que esse meio dos autores é bem pequeno. Um dia, nós estamos em um lugar e outro nós não sabemos. Porém, a amizade existe sempre”, declarou.

Leonardo Gabriel