Conexão Hollywood: As faces do Batman no Cinema

Batman, homem morcego, O Cavaleiro das Trevas, O Cruzado Encapuzado, O Detetive das Sombras, O Dono da Noite, qual seria o verdadeiro sentido desse super herói ? Nunca houve tantas dúvidas sobre um personagem tão impermeável, sombrio. Sem necessidade nenhuma Batman não tem nenhum super-poder, após presenciar o assassinato dos pais, Bruce se tornou um filantropo, viajou por todo mundo com o objetivo de compreender a mente dos criminosos. Aperfeiçoou sua condição física e mental, treinando todo tipo de artes marciais e técnicas de combate (o trauma de ver seus pais mortos com tiros de revólver lhe deu aversão a armas de fogo). Conexão Hollywood desse Domingo (24/05) vai revelar, vai se aprofundar na vida do Bilionário Bruce Wayne, a conexão entre o personagem nos HQs e os variados intérpretes do próprio que já teve no Cinema.

Batman no Cinema nas Décadas de 80 e 90

O Pesonagem se consagrou na Quadrilogia que ficou marcada desde o final da década de 80 até meados de 1998. Batman, de 1989, abordou a vida de Bruce desde sua infância até a descoberta do seu “eu” interior, a sede de vingança não satisfeita, Bruce se tornou Batman – O Homem morcego. O Filme contou como o próprio interpretado por Michael Keaton (Herbie – Meu Fusca Turbinado, A Filha do Presidente), e seu arque-inimigo Coringa teve um destaque á mais com a genialidade de Jack Nicholson (obviamente, não chegou aos pés do Heath Leadger em 2008) que, inclusivimente foi Indicado ao Oscar de Melhor Ator. A Sequência, Batman: O Retorno, veio 3 anos depois dirigida também por Tim Burton (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Planeta dos Macacos). O Filme se foca na origem do vilão Pinguim (Danny DeVito) que foi jogado pelos seus pais no rio de Gotham City devido á seuas deformações de nascença. Diferente do filme anterior, o elenco foi trocado de cabo á rabo, o único que se manteu foi o Batman de Michael Keaton. A Mulher-Gato veio com tudo nas belas curvas de Michelle Pfeiffer (Hairspray – Em busca da fama, Nunca é tarde para amar). Batman Eternamente, o terceiro e menos importante filme, na minha opinião, foi um esculacho, focou-se como sempre no Batman (Val Kimer) salvando Gotham que, se deparou com 2 grandes inimigos (o ponto chave que pediria socorro á Tim Burton) duas-caras (Tomy Lee Jones) e Charada (muito, mas muito confundido com o Coringa) que foi sem sombras de dúvidas o pior papel de Jim Carrey. O Filme não teve nenhuma Indicação ao Oscar, graças ao bom Deus. O Quarto e último filme foi mediano, teve um orçamento caríssimo, cerca de 125 Milhões de dólares e como já previsto, foi um fiasco nas bilheterias, lucrou apenas 238.207.122 Milhões de dólares alguns filmes como Jogos Vorazes e Independence Day tiveram um orçamento menor e lucraram o dobro, o triplo, o quádruplo que ele. Lembrei dos boatos recentes sobre a sexualidade do Batman qu fizeram, mas nessa época do filme gerou-se uma polêmica sobre a possível homossexualidade dos personagens. Não podemos nos esquecer a ridículo atuação de George Clooney que manchou mas do que já era a imagem do filme.

A Trilogia do Século 21

2005, uma nomerologia talvez, mas não. Significa o início de uma nova era, de uma nova vida, de uma nova série de atuações brilhantes nunca vistas antes dentro do personagem do Homem-Morcego. Tudo isso se cituou em 2005, Christopher Nolan criou a revolução do século no Cinema, o Batman voltou aos cinemas novamente depois de 8 anos esquecido (bota esquecido nisso, depois do fiasco de 1995 e 1997). O Filme Batman Begins se focou novamente como no original de 1989 na infância de Bruce Wayne que, como todos sabemos viu seus pais sendo assassinados. Depois da grande transformação feita por Henri Ducard (Liam Neeson) na ninjitsu, quem pratica carrega o título de Samurai. O Terror, o suspense e o medo tomam conta do filme, com a entrada do grande vilão psicofarmacologista Espantalho que, tinha como objetivo introduzir em Gotham city uma toxina que induz o medo. O Segundo e mais Supreendente filme, Batman: O Cavaleiro das Trevas (o título foi tirado de um de seus HQs, era um nome usado para descrevê-lo) que mostrou a capacidade anormal de Batman (Christian Bale), a loucura anti-social do Coringa (Heath Ledger) que lhe rendeu o Oscar de melhor Ator Coadjuvante. A Cidade de Gotham já não é a mesma nesta sequência, Coringa abalou-a com todo seu terrorismo (para ele, uma simples diversão) e ainda o fiel amigo de Bruce Harvey Dent, que após sofrer nas mãos do coringa fica com metade de seu rosto deformado, se tranformando no Duas-Caras (esse sim foi digno, Tomy Lee Jones estragou a imagem do vilão). Emoção do começo ao fim, como se diz, O Cavaleiro das Trevas não terminou, é apenas o começo do grande final. O Final da trilogia não está pre-definido, alguns detalhes do filme foram revelados nos Trailers e clips lançados, as imagens sombrias e duvidosas do vilão da vez do filme, Bane. O Filme continua com boa parte do elenco já predestinado pela saga graças ao sucesso (Christian Bale, Michael Caine, Gary Oldman, Morgan Freeman) as únicas novidades são o próprio Bane (Tom Hardy) como citei e a Mulher-Gato (Anne Hathaway). Espero muito mais desse filme, que seja um imenso sucesso nas bilheterias, que chova indicações ao Oscar, que chova premiações e nomeações, porque esse trabalho que Christopher Nolan desenvolveu nesses 6 anos foi uma coisa perfeita por isso já aviso os fãs, 27 de julho de 2012 vamos lotar os cinemas e aplaudir essa obra-prima de Nolan !

O único modo razoável de se viver neste mundo é sem regras!

Heath Ledger, Coringa.

Thiago Oliveira – Crítico de Cinema / @ThiiihOliveira

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s