As Nordestinas | A Dama de João Pessoa

João Pessoa, Paraíba, Nordeste desse Brasil. É mais conhecida como “Porta do Sol” por que é a cidade onde o sol nasce antes de todas as outras das Américas.  João Pessoa também é a cidade que arrecada mais impostos para o estado, devido a suas indústrias, seu comércio, suas praias e seus monumentos arquitetônicos. E se você quiser saber mais, ela ainda é a segunda capital do mundo com maior área verde, perdendo apenas para Paris. É a terra de Luisa, aquela que foi para o Canadá e também da nossa heroína de hoje: A dama de João Pessoa.

Image

No bairro de Cabo Branco, considerado um lugar para o pessoal de Classe A, mora Giovana, uma mulher nada simples que praticamente mora na Rachel Boutique e no salão mais famoso da cidade, a Belezária. O sol de sete horas da manhã estava pendurado no céu azul de sexta-feira paraibana. E o casal Batista estava sentado a sua mesa de café da manhã na beira da piscina tomando o seu desjejum matinal.

Mario – O que vai fazer hoje querida?

Giovana – Bem, primeiro, eu vou à Rachel escolher um vestido para o jantar de hoje à noite, depois volto para malhar um pouquinho, comerei o meu lunch e sigo para a Belezária fazer meu cabelo.

Mario – Alguma ocasião especial?

Giovana – Amor, como você esqueceu? Hoje é o jantar da Ana, aquela perua!

Mario – Problemas no trabalho, mas se você não gosta dela por que vai?

Giovana – Homens… Eu vou por que toda a High Society vai estar lá e nós não podemos faltar é claro.

Mario – Então aproveite o seu dia de rainha que eu vou honrar as joias da coroa.

Giovana – Tchau, tchau, meu amor.

Após terminar de comer sua geleia de frutas naturais, Giovana se levantou e pediu ao motorista que tirasse o carro, ele já sabia para onde ela iria.

 

O carro de Giovana era farejado de longe pelas vendedoras na Rachel Boutique, ela é uma das melhores clientes da loja e as comissões que elas ganhavam por vender a ela são sempre altas.

Giovana – Hello, queridinha…

Carlinha – Dona Giovana que prazer tê-la aqui a esta hora da manhã, o que a fez interromper seu sono de beleza?

Giovana – Sono da beleza é desculpa pra feio dormir, mulheres de classe como eu acordam junto ao sol para dar luz ao dia.

Carlinha – Então, o que deseja?

Giovana – O melhor vestido de festa que essa boutique já viu!

Carlinha – Certamente para o jantar da Ana Muller não é mesmo?

Giovana Exatamente, e eu quero O vestido.

Carlinha – Com muito prazer, venha por aqui.

E Carlinha mostrou quase a boutique toda a Giovana quando esta escolheu o vestido, coincidentemente o mais caro da coleção. No caixa, a dama sacou seu cartão ilimitado da carteira e deu para a moça passar. Mas esta o fez uma, duas, três vezes e o cartão não era aceito.

Moça – Me desculpe informar Dona Giovana, mas o cartão não está sendo aceito.

Giovana – É brincadeira né? Meu cartão é ilimitado! A empresa dele deve estar com problema, só pode.

Carlinha – Olhe, se você quiser, nós podemos mandar para a sua casa e depois solicitamos o cartão.

Giovana – Claro que não, imagina se eu Giovana Mendes Batista irei sair de uma Boutique sem pagar, jamais! Eu vou falar diretamente com o meu marido.

 

Giovana nunca tivera problemas com o pagamento de suas compras e, de repente, o cartão dela não era aceito? Se existe uma pessoa que não se sairá nada bem com essa história é o marido dela que vai ter que enfrentar a cobra.

Giovana – Mario, você não pagou a conta do cartão?

Mario – Claro eu paguei meu amor, por que a pergunta?

Giovana (Histérica) – Por que eu fui comprar o meu vestido, uma mixaria, diga-se de passagem, e o meu cartão platina internacional não foi aceito.

Mario – Droga! Droga! Droga!

Giovana – O que foi? Eu também quero saber!

Mario – A droga do governo desse Estado está me processando por sonegação de impostos e com certeza deve ter trancado nossas contas bancárias e cartões de crédito.

Giovana – Eu não acredito Mario, que você sonegou impostos! Nós temos muito dinheiro…

Mario – Você não faz ideia da fortuna que eles querem extorquir de nós.

Giovana – Eu preciso do meu vestido…

Mario – Tive uma ideia para acabar com essa situação.

Giovana – Conta, conta, conta.

Mario – O governador, o Eduardo, vai estar no jantar dos Muller e eu bem sei que ele sempre arrastou uma asinha para você, é só nós tirarmos proveito da situação para dar um jeito.

Giovana – Você quer me usar? Tu tá achando que eu sou o que? Uma prostituta?

Mario – Claro que não, eu só quero resolver esse problema sem ter que ir ao supremo.

Giovana – Se eu aceitar, como vou a festa sem um vestido?

Mario Querida, você tem mais vestidos que a Rachel Boutique, escolhe um deles.

Giovana – Eu? Uma dama, magnata dos calçados, vestir um vestido duas vezes? É piada!

Mario – Não é piada, é realidade!

 

Em sua casa, Giovana não podia mais fazer nada senão escolher um vestido que ninguém se lembrasse de vê-la usando e conversar com seu Personal Beauty, Washington.

Giovana – Wash, você acredita que o Mario me disse com todas as letras pra mim repetir um vestido?

Washington – Nossa, amiga é mesmo?

Giovana – Ele só faltou me dizer “Vá de calça jeans e camisa regata” vê se pode.

Washington – Nossa, é mesmo amiga?

Giovana – E ele só faltou me pedir pra me prostituir pro Dud… quer dizer, Eduardo, o governador.

Washington – Amiga, nossa, é mesmo?

Giovana – Tudo isso por que ele não pagou um ou dois impostos.

Washington – É mesmo amiga? Nossa!

Giovana – Ah, Wash, você daria um ótimo psicólogo, seus conselhos são ótimos.

Washington – Você acha amiga?

Giovana – Acho!

 

Ficou curioso com o que vai acontecer nesse jantar? Aguarde a versão completa nos dias 30 de junho e  1 julho! Eu te espero aqui 😉

2 comentários em “As Nordestinas | A Dama de João Pessoa

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s