Aconteceu em 2007:Letícia Dornelles acusou Walcyr Carrasco de plagiar expressões de sua novela

Em 2007 a autora Letícia Dornelles, acusou o também autor Walcyr Carrasco de plagiar expressõs e temáticas de sua novela. Dornelles garantiu que Walcyr copiou dela o bordão “modéstia à parte, eu sou perigosa” e as variantes que terminam em “eu sou brilhante”, “deslumbrante” e “o máximo”. Essas expressões são da vilã Rosana Delaor (Talita Castro), e foram citadas por Cláudia Raia, que interpretava Ágatha em Sete Pecados. Walcyr negou as acusações.

Thainan Ferreira

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s