Força do Amor l Capítulo 10

Na auto-estrada o policial Miguel liga pelo telefone indicado no celular de Carlos.
O telefone toca na fazenda. Sebastião atende.
(No telefone)
Sebastião: Alô?
Policial Miguel: Alô. Aí é da fazenda Barão José Amaral?
Sebastião: Sim senhor. O que deseja?
Policial Miguel: Meu nome é Miguel eu sou policial, e vim prestar uma informação para os senhores á respeito do senhor Carlos Daniel Santanna. Conhece?
Sebastião: Claro que sim! O que aconteceu com ele?

Daniela chega na sala. E vê Sebastião conversando.
Daniela: o que aconteceu com quem?
Sebastião: Bem dona Daniela…
Daniela em desespero pega o telefone.

(No telefone)
Policial Miguel: Bem o Carlos ele sofreu um acidente em seu carro, na estrada Antônio Peixoto no Km 35 em um jipe de placa CXD 2012. O acidente agora pouco e foi resgatado e já esta á caminho do hospital São Conrado, o mais próximo das redondezas.

Daniela desmaia.

Sebastião: Dona Daniela!

Na fazenda Jose Amaral, Daniela desmaia ao saber da notícia do acidente de Carlos. Sebastião volta a atender o telefone enquanto Francisca e os outros a acodem.

Sebastião
: Aqui é o Sebastião novamente. Poderia me falar o que aconteceu com ele?
Policial Miguel: Entendo… Bem o Carlos ele sofreu um acidente em seu carro, aqui na estrada Antônio Peixoto no Km 35, ele tava num jipe de placa CXD 2012. O acidente aconteceu agora pouco e ele já foi resgatado e já esta á caminho do hospital São Conrado, o mais próximo das redondezas.
Sebastião: Pode me passar o endereço desse hospital?
Policial Miguel: Claro anote.
Sebastião pega uma caneta e anota num pedaço de papel o endereço passado pelo policial.

Policial Miguel: Então o senhor entendeu?
Sebastião: Sim, eu conheço como chegar la… Obrigado.
Policial Miguel: A senhora Daniela esta bem?
Sebastião: Sim ela tinha pegado o telefone e desmaiou… Agora entendo porque…
Policial Miguel: Precisam de mais alguma informação?
Sebastião: Não… Obrigado pela ajuda senhor policial.
Policial Miguel: Desejo melhoras e boa recuperação desse homem.
Sebastião: Obrigado.
Policial Miguel: Nesse momento eu estou com o celular e a carteira dele. Vou agora encaminhar ao hospital com a instrução de passar para vocês quando chegarem lá.
Sebastião: Certo. Eu vou indo la senhor… Obrigado.
Policial Miguel: Não precisa agradecer, só fiz meu trabalho. Melhoras para sua família e boa noite.
(Policial encerra a ligação).

Francisca: Arri Tião fala logo o que ta acontecendo homem!
Sebastião: Aconteceu o que eu previa Xica… Uma tragédia!
Francisca: Mas como assim? O senhor Carlos?
Sebastião: Sim ele sofreu um acidente de carro… Também com aquela pressa toda! Ele não devia sair da fazenda hoje. Qualquer coisa eu mesmo ia la com ele ou sozinho.
Francisca: Mas você pegou onde ele ta?
Sebastião: Sim Xica. Ta aqui! (Sebastião entrega um papel com o endereço pra Francisca)

Francisca lendo: (Hospital São Conrado. Estrada de São Pedro número 58.)
Francisca: Hospital!
Mansão de Eva Alvary
Na mansão de Eva, Gusmão e Otavio se trancam no escritório e começam a discutir.
Gusmão: Bem, eu estou aqui. O que você quer falar comigo?
Otávio: Não se faça de desentendido, seu patife!
Gusmão: Como assim patife?
Otávio: Você engravidou a Maria, ela teve uma menina e você sequer registrou a criança! Mas escute bem o que vou te dizer. Ou você registra esse bebê e se casa com Maria ou eu te coloco no olho da rua e pouco vai me importar se você é diplomata ou não!
Gusmão: Escute aqui…
Otávio: Não quero escutar mais nada! Não quero que um escândalo entre alguns serviçais da minha casa atrapalhe os meus negócios. Você vai registrar a criança e se casar com a Maria. Entendeu?
Gusmão encara Otávio com ódio.
Otávio: Pode se retirar!

Gusmão deixa o escritório enfurecido e vai atrás de Eva, que esta no quarto penteando o cabelo.
Gusmão: Você!
Eva: Gusmão?
Gusmão tranca a porta do quarto e enforca Eva.

Eva: Gusmão! Pare com isso! Me solte, você esta me enforcando!
Gusmão sacode com forca ela se bate e tenta bater nele e acaba quebrando potes de perfume, derrubando criado-mudos… fazendo um barulho monstruoso.

Gusmão: Vadia! desgraçada! Piranha dos infernos! Porque você foi falar aquilo pro Otávio? Agora eu vou te matar!
Gusmão: Porque você falou que eu tinha um relacionamento com aquela imunda?
Eva: ME LARGUE!

CONGELA

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s