Record adota nova postura em suas minisséries

Orçamento de "José do Egito" supera de "Salve Jorge"

A Record resolveu mudar sua posição quanto a produção de suas minisséries religiosas. A emissora dos bispos deve promover mudanças em suas próximas produções no RecNov.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a partir do próximo ano as produções de minisséries do canal
serão esboçadas num limite de custo. Essa decisão surgiu com a declaração de Walther Zagari, vice presidente comercial, que afirmou que “José do Egito” custava em média R$ 2.2 milhões por capítulo, enquanto a novela “Salve Jorge” da Globo apenas R$ 950 mil.

A ordem agora é lançar um orçamento bem abaixo desse valor para “Moisés e os Dez Mandamentos” e “Os milagres de Jesus Cristo“. Além disso, a emissora também descartou qualquer hipótese de parceria nas minisséries com alguma produtora independente.

Henrique Oliveira

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s