Se terceirizar seus setores, Record pode apostar em microsséries em 2014

Record-HD3D-300x162

A chegada do diretor Marcelo Silva para o cargo de vice-presidente artístico, além do momento de crise vivido pela emissora, deve dar um novo rumo às produções de dramaturgia do canal a partir do ano que vem.

Segundo o jornalista Flávio Ricco, deve-se apostar muito em produções terceirizadas no estilo de microsséries – histórias curtas e com baixo número de capítulos. O vice-presidente artístico, Marcelo Silva, inclusive, já tem sentado para se reunir com autores da casa, mostrando-os o novo sentido que o setor de dramaturgia do canal deve tomar. Compras de textos para adaptação também já estão em andamento.

O formato é conhecido e já foi usado pela Globo várias vezes. O Canto da Sereia, exibida em janeiro e protagonizada por Isis Valverde, é um exemplo de microssérie de sucesso.

Minisséries e produções especiais realizadas por produtoras independentes também devem fazer parte do planejamento, como “Os Milagres de Jesus”, que será feita em parceria da Record com a Academia de Filmes. Há quem diga ainda que todas as novelas do canal também passarão a ser terceirizadas, o que reduziria bastante os gastos da emissora.

Athirson Aguiar

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s