“Gonzaga” é eleito melhor filme no 12º Prêmio do Cinema Brasileiro

"Gonzaga" é eleito melhor filme no 12º Prêmio do Cinema Brasileiro

O filme que retrata a vida e carreira do eterno rei do baião, “Gonzaga – De Pai Pra Filho“, foi o grande vencedor do 12º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro realizado no começo deste mês na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

O longa dirigido por Breno Silveira que antes liderava as indicações em 15 categorias, acabou se sando como o grande vencedor acumulando um total de cinco troféus nas principais categorias: melhor filme, melhor ator (Julio Andrade), ator coadjuvante (João Miguel), Melhor direção (Breno Silveira) e Melhor Som.

Ainda na lista de vencedores, o povo pôde eleger três filmes em categorias de voto aberto: O prêmio de “Melhor Longa-Metragem Estrangeiro” foi para “Intocáveis“; Em “Melhor Longa-Metragem documentário” o vencedor por “Raul – O Inicio, o fim e o meio” e na categoria “Melhor Longa-Metragem de Ficção” o grande vencedor foi “Febre do Rato“.

Confira a lista completa de vencedores do Prêmio do Cinema Brasileiro:

– MELHOR MONTAGEM DE FICÇÃO: “2 Coelhos”
– MELHOR MONTAGEM DE DOCUMENTÁRIO: “Raul – O início, o fim e o meio”
-MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: “2 Coelhos”
-MELHOR TRILHA SONORA: “A música segundo Tom Jobim”
-MELHOR SOM: “Gonzaga – De pai para filho”
-MELHOR FIGURINO: “Heleno”
– MELHOR MAQUIAGEM: “Heleno”
– MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: “Xingu, “Corações sujos” e “Heleno”
– MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO (VOTO POPULAR): “Intocáveis” (França)
– MELHOR DOCUMENTÁRIO (VOTO POPULAR): “Raul – O início, o fim e o meio”
– MELHOR LONGA-METRAGEM DE FICÇÃO (VOTO POPULAR): “Febre do rato”
– MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: “Febre do rato”
– MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: “Corações sujos”
– MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Ângela Leal (“Febre do rato”) e Leandra Leal (“Boca”)
– MELHOR ATOR COADJUVANTE: Claudio Cavalcanti (“Astro”) e João Miguel (“Gonzaga”)
– MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO: “Cabeça de papelão”
– MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO: “Elogio da Graça”
– MELHOR CURTA-METRAGEM FICÇÃO: “Laura”
– MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Walter Carvalho (“Heleno”)
– MELHOR LONGA-METRAGEM INFANTIL: “Peixonauta – Agente secreto”
– MELHOR LONGA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO: “Brichos – A floresta é nossa”
– MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO: “Intocáveis” (França)
– MELHOR EFEITO VISUAL: “2 coelhos”
– MELHOR DIREÇÃO: Breno Silveira (“Gonzaga”)
– MELHOR LONGA–METRAGEM DOCUMENTÁRIO: “Raul – O início, o fim e o meio”
– MELHOR ATOR: Júlio Andrade (“Gonzaga”)
– MELHOR ATRIZ: Dira Paes “À beira do caminho”
– MELHOR LONGA–METRAGEM DE FICÇÃO: “Gonzaga – De pai para filho”

Obrigado pelo comentário! Volte sempre! =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s