“A Liga” ganha nova temporada na Band

"A Liga" ganha nova temporada na Band

Atualmente em sua quinta temporada, “A Liga” já foi confirmado na programação de 2014 da Band. Porém, de acordo com jornalista Flávio Ricco, a nova edição contará com novidades.

A direção do canal trabalha num novo formato para a atração comandada por China, Mariana Weickert, Thaíde, Cazé Peçanha e Rita Batista. O elenco á proposito, não deverá ser mudado.

Para a próxima temporada o telespectador poderá esperar por temas mais fortes e intensos. O programa decide partir para um caminho mais polêmico e detalhista em sua nova fase.

 

Anúncios

A Liga (17/12/2013) – Equipe acompanha de perto o mundo dos fãs

A Liga (17/12/2013)

A edição do programa A Liga desta terça-feira, 17 de dezembro, acompanha o mundo dos fãs. as pessoas apaixonadas por música. O programa entra no mundo dos fãs. Eles são mais loucos do que se imagina. Os apresentadores Cazé, Thaíde, Mariana Weickert, Rita Batista, China e Rafinha Bastos mostram a realidade do Brasil de uma forma como nunca se viu.

Thaíde com a turma do metal / Para muitas pessoas a música não é uma coisa qualquer, ela acaba determinando o seu estilo de vida. E quem é um fanático de verdade tem um jeito todo especial de se vestir e de se comportar.

Nesta edição do programa os apresentadores passam o dia com a galera do hip-hop, do funk, do sertanejo, do arrocha e do heavy metal, para sentir na pele o que essa paixão representa.  

Divulgação Band

A Liga (03/12/2013) – Programa fala sobre o transporte público

A Liga (03/12/2013)

A Liga desta terça-feira, 03 de dezembro, aborda um tema que merece uma reflexão de todos e não só dos brasileiros diretamente afetados: o transporte na cidade de São Paulo.

Cazé encara o desafio de andar de bicicleta em São Paulo /

Em 2010 o programa testou diferentes meios para saber como é o trajeto do paulistano do trabalho para casa. Três anos depois a produção repete o teste para saber o que mudou. Será que as manifestações de junho, por exemplo, que motivaram o poder público para melhorar a situação já estão fazendo efeito? Em sete meses, a prefeitura da cidade criou 224 quilômetros de corredores de ônibus. E o governo do Estado trabalha para aumentar as linhas do metrô de 74 para 200 quilômetros até 2018. 

Se tudo isso vai ser o suficiente, só o futuro dirá. A única certeza é que como que está não dá mais: no último dia 14 de novembro aconteceu o  congestionamento histórico de incríveis 309 quilômetros, em São Paulo. Não Perca!

Divulgação Band

A Liga (26/11/2013) – Programa investiga os bastidores das mulheres famosas

A Liga (26/11/2013)

No programa A Liga desta terça-feira, 26 de novembro, a missão de Cazé, Thaíde, Mariana Weickert, Rita Batista, China e Rafinha Bastos é desvendar o que há, depois dos corpos, no mundo das popozudas, mulheres frutas e assistentes de palco.

A Liga investiga os bastidores das mulheres famosas

Elas são desejadas e admiradas pelo povo brasileiro há décadas. Das chacretes e boletes até chegar às paniquietes, passando pelas mulheres fruta, essas deusas carnosas ocupam boa parte do imaginário brasileiro e por lógica, da televisão, revistas e do carnaval. Desde o teatro de revista, das chanchadas do cinema às garotas da capa das revistas mais populares.

Existem milhares de mulheres, classificadas como gostosas, que arriscam tudo para virar uma delas e em busca da fama estão dispostas a usar seu corpo para mostrar seu valor. Elas acreditam que primeiro precisam ser vistas, para depois serem ouvidas.

Mas quem pensa que é um trabalho fácil desconhece os códigos e as exigências para ser um ícone sexual, onde a fama pode desaparecer em questão de minutos ou colocar a interessada em lugares inimagináveis.

O programa retrata o mundo das gostosas, em frente às câmaras ligadas e fora delas. E procura descobrir quem são elas, de verdade, e como funciona a indústria ao redor, que gera oportunidades de negócios que parecem não ter fim.

 

Divulgação Band

Veja em A Liga (19/11/2013) – Programa mostra a ansiedade dos jovens pelo amor e sexo

A Liga (19/11/2013)

A Liga desta terça-feira, 19 de novembro. Cazé, Thaíde, Mariana Weickert, Rita Batista, China e Rafinha Bastos caem matando pelas baladas da vida. O programa que mostra a realidade do Brasil de uma forma nunca vista, desta vez foca a ansiedade dos jovens pelo amor e sexo.

A liga mostra a ansiedade dos jovens pelo amor e sexoNum mundo supererotizado, o despertar sexual do adolescente começa cada vez mais cedo. Com os hormônios em ebulição, eles ainda não entraram na vida adulta, mas só pensam “naquilo”. Pesquisa do IBGE revela que, aos 15 anos, 30% dos jovens brasileiros já transaram, e 20% desses sem camisinha. E o outro lado disso é a constatação: quase 18% das crianças que nascem no país são filhos de mães com idades entre 15 e 19 anos.

Nas baladas para adolescentes, nos shoppings e nos cinemas, a “pegação” rola solta. E a maioria prefere ficar a ter um namoro sério. Nas redes sociais, meninos e meninas se exibem em poses provocantes e roupas sensuais sem medo e, em muitos casos, sem o controle dos pais. 

A edição desta semana investiga como é o mundo dos adolescentes que vivem com sexo na cabeça e celular na mão.

Divulgação Band

A Liga (05/11/2013) – Programa investiga os bastidores das crianças progídio

A Liga (05/11/2013)

A Liga que vai ao ar nesta terça-feira, 05 de novembro, Cazé, Thaíde, Mariana Weickert, Rita Batista, China e Rafinha Bastos mostram a realidade do Brasil de uma forma como nunca se viu. Nesta semana o programa foca a vida de crianças que são consideradas prodígios.

A Liga  investiga os bastidores das crianças progídio

Logo cedo elas desenvolvem talentos e habilidades que outras pessoas levam anos para aprender.  Tocar numa orquestra respeitada com menos de 10 anos, saber ler e escrever aos três, ou ser uma perfeita bailarina aos 12, são motivos de orgulho. 

Mas educar um gênio é um grande desafio para seus pais. Como evitar que eles sofram preconceitos, sejam isolados, ou ridicularizados? Ou ainda como fazer para que tenham infância, se amadurecem tão rápido?  E as vezes, o seu talento pode ser apagado pelo tratamento de um diagnóstico errado. 

Muitos superdotados são confundidos como hiperativos ou com déficit de atenção.  O programa mostra que compreender a genialidade de uma criança pode ser a diferença entre um futuro brilhante, ou uma vida de frustrações.

Divulgação Band

A Liga (29/10/2013) – Programa aborda sobre a marginal Tietê

A Liga (29/10/2013)

A Liga desta terça-feira, 29 de outubro, os apresentadores Cazé, Thaíde, Mariana Weickert, Rita Batista, China e Rafinha Bastos mostram a realidade do Brasil de uma forma nunca vista.

A emblemática Marginal Tietê, de São Paulo, é o centro do programa. A avenida é uma das artérias vitais da maior cidade da América Latina e já entrou para o cotidiano dos brasileiros de todos os quadrantes. A avenida está todo dia no noticiário da tv. Mas porque ela é tão presente? Além das histórias que nascem do tráfego intenso, das inúmeras pontes, dos caminhões, há muitas outras.

Rafinha Bastos faz entrevista à beira do Rio Tietê /

Em seus dois lados, milhares de pessoas transitam todos os dias. Mas, existem aqueles que fazem da marginal não uma via de passagem: a usam para morar e trabalhar.

Rita vai passar um dia com uma travesti, que vive embaixo de uma das saídas da Marginal, e descobre como ela faz para ganhar dinheiro, cozinhar e tomar banho nas águas do rio. A repórter também vai percorrer a marginal junto com uma das suas principais vítimas: os motoboys.

Rafinha conhece a história de uma viúva, que se viu obrigada assumir a borracharia da família, e consegue sustentar os filhos graças aos pneus furados na marginal. Mariana acompanhará um catador de lixo, que num barquinho, coleta restos da cidade que vão parar no Rio Tietê. E programa colhe amostras das águas do rio para entender a sua crônica poluição.

Divulgação Band

A Liga (22/10/2013) – Programa investiga sobre a chegada de médicos estrangeiros

A Liga (22/10/2013)

O programa A LIGA desta terça, 22 de outubro, mostra um assunto polêmico, contundente, que está dividindo opiniões e que merece um olhar atento. O programa desta semana acompanha como é duro, difícil e até arriscado depender da saúde pública brasileira.

A Liga investiga sobre a chegada de médicos estrangeiros

O sistema médico do governo sofre com a falta de 54 mil médicos. Nossa média de doutores por habitante é metade do que é na Argentina, por exemplo, e bem distante do número dos países desenvolvidos.

Na tentativa de resolver o problema o governo criou o programa “Mais Médicos”, para acomodar profissionais estrangeiros nas regiões mais pobres e afastadas. Os médicos brasileiros não aprovaram a ideia. O Conselho Federal de Medicina acha que importar médicos não é a solução. Para eles o ideal seria investir em infraestrutura.

No meio da disputa entre governo e profissionais da medicina a população brasileira continua esperando por atendimento e serviços dignos. Os repórteres do programa acompanham de perto todos os lados dessa questão.

Divulgação Band