CLUB DRAMATURGIA #01: Adriana Esteves (Parte A)

SOAP

Booooooooooooa Noite. É com muito bom humor e com mais uma polêmica que começamos o Club Dramaturgia de hoje. Nessa nova temporada, que terá apenas cinco edições, vamos falar sobre o melhor e o pior das novelas brasileiras. E para estrear, vamos tratar de polêmica e, se é polêmica, é Salve Jorge, mas também vamos falar de crítica e, se é crítica, é Renascer. Portanto, as escaladas para protagonizar essa primeira edição do Club Dramaturgia 2012-2013 são Nanda Costa e Adriana Esteves. 

televisao

Foram vários fatores que me levaram a escolher esse tema – “Atrizes Criticadas” -, primeiramente, a reprise de Renascer no Viva, na qual estamos tendo a oportunidade de ver como a Adriana era há quase vinte anos atrás.  O segundo fator foi uma declaração da autora do atual folhetim das nove, Glória Perez, para o jornal O Dia, onde ela dizia: “Nunca vi campanha tão sórdida contra uma novela e uma pessoa: desde o caso Adriana Esteves, em ‘Renascer’ (1993)”. Pois bem, vamos fazer um paralelo comparativo dessas duas atrizes nessa edição do Club Dramaturgia. 


R

adriana-esteves-renascer

Antes de brilhar na pele da vilã Carminha de Avenida Brasil, a atriz Adriana Esteves passou por muitas situações na sua vida profissional. Entre elas, destaca-se sua primeira protagonista no horário nobre: a Mariana de Renascer.

Renascer marcava a volta de Benedito Ruy Barbosa a dramaturgia após o estrondoso sucesso de pantanal e o clima era de expectativa partindo do público, todos esperavam mais um sucesso, porém o autor resolveu ousar nas escolhas, não digo somente por Adriana Esteves, mas também pela escalação de uma hermafrodita no elenco.

A novela estreou com Antônio Fagundes e Adriana Esteves como protagonistas, no entanto outros grandes nomes como Fernanda Montenegro e José Wilker também marcavam presença. Para culpar falhas que poderiam ter partido do script, da direção ou da equipe técnica a crítica caiu em cima da carne fresca: Adriana. É certo que ela não estava atuando perfeitamente, mas uma fagulha apenas não faz uma fogueira sozinha.

O resultado foi que a personagem aos poucos perdia espaço na trama para abafar um pouco. Todavia, ao fim do folhetim, Adriana Esteves entrou em depressão e chegou a cogitar largar a carreira, mas nada como um dia após o outro e ela interpretou a Zilda de Razão de Viver e depois voltou a Globo com força total à frente de A Indomada.

Hoje, os mesmos que a colocaram para baixo em 1993, tiram o chapéu para a perversa Carminha (Avenida Brasil, 2012) e a Dalva (Dava e Erivelto: Uma canção de amor, 2010). Assista a algumas cenas da Mariana de Renascer e da Carminha de Avenida Brasil.

Depois dessas cenas tensas da Carminha nós merecemos um break né? Daqui a quinze minutinhos eu volto com mais CLUB DRAMATURGIA!

De chinelo, Adriana Esteves faz compras em shopping no Rio

De chinelo, Adriana Esteves faz compras em shopping no Rio - Ag.NewsDe chinelo, Adriana Esteves faz compras em shopping no Rio

Com as gravações da novela Avenida Brasil a todo vapor, Adriana Esteves, que interpreta Carminha, encontrou um tempinho em sua agenda lotada para fazer algumas compras em um shopping no Rio.

Com uma roupa mais casual, que misturava óculos escuros, vestido, um lenço e chinelos havaianas, a atriz nem ligou para a presença dos fotógrafos, enquanto caminhava por um saguão do shopping.

Lincoln André