”É tudo culpa da Rita!” diz Adriana Esteves sobre todo o sucesso de Carminha no ”Domingão do Faustão”

Atris recebeu homenagem na atração

Adriana Esteves foi a grande convidada do ‘Domingão do Faustão’ deste Domingo (28). Como informado anteriormente, a atriz se recusou mesmo a participar do quadro ‘Arquivo Confidencial’, porém Fausto Silva chegou a brincar com a atriz, dizendo-lhe que ela estava participando da atração.

A platéia recebeu a intérprete de Carminha (que ainda estava com os trejeitos da personagem) de pé, demonstrando todo a admiração diante de sua performance no folhetim das nove. Depois de depoimentos de artistas da casa, como Renata Sorrah, Flávia Alessandra, que iniciou sua carreira em ‘Top Model’, assim como ela, Cláudia Jimenez, e até de seu marido, o também ator Vladimir Brichta, foi a vez do autor da trama falar algumas palavrinhas.

João Emanuel Carneiro revelou que não escreveu a novela sozinho, e sim com a ‘Carminha’, e que não há melhor atriz no mundo caoaz de se sair tão bem quanto ela se saiu com a loirá má. A diretora do folhetim, Amora Mautner, disse que pretende trabalhar com Adriane por longos anos. Até mesmo funcionárias resolveram falar, e afirmaram que ela se trata de uma pessoa maravilhosa. 

Faustão também relembrou um dos piores momentos de sua vida e de sua carreira. Em 1993, quando atuou em ‘Renascer’ e foi duramente criticada por sua atuação. ‘Acabou ”Renascer” e eu estava no meio do tsunami’, revelou.

Murilo Benício (o Tufão) e Débora Falabella também tiveram seus depoimentos exibidos. O ator relembrou que ela lhe havia dito há um tempo atrás: ‘Você me disse uma coisa que nunca vou esquecer, que a Carminha foi um desabafo da Adriana Esteves. E esse desabafo foi acompanhado pelo Brasil inteiro’. 

‘Olha o sucesso. É tudo culpa da Rita, a linda Débora Falabella’, disse a loira que estava com seu visual normal, já que havia se desfeito dos apliques da vilã, o que a deixou com saudades.

Ao final, um vídeo foi exibido, mostrando todos os seus personagens de sua carreira. Desde a Tininha, Amelinha, Sandrinha, á maior de todos eles: a Carmem Lúcia.

Leonardo Gabriel