Elizabeth Jhin prepara nova trama espírita

A autora Elizabeth Jhin esteve com uma novela no ar ano passado e neste já prepara uma nova para ser levada ao ar no próximo ano. De acordo com informações do jornal ”O Globo”, sabe-se ainda muito pouco sobre ela. E o que se sabe é que a história será ambientada no fim  século XIX mesclada com os dias atuais.

 Assim  como outras obras suas, nesta haverá a espiritualidade como tema, que desta vez não será o foco principal. Ela, que segue sem título definido estreará no segundo semestre do próximo ano na faixa das seis e antes terá que esperar as estreias de ”Joia Rara”, da dupla Thelma Guedes e Duca Rachid e o remake de ”Meu Pedacinho de Chão”, de Benedito Ruy Barbosa. 

A última novela de Elizabeth foi ”Amor Eterno Amor”.

@leonaardogsilva 

Anúncios

Globo dispensa Pedro Paulo Rangel e Joana Fomm

No olho da rua…

 

A Globo acaba de dispensar dois de seus atores veteranos. A emissora optou por não renovar o contrato de Pedro Paulo Rangel – contratado desde 1981, com participações em mais de 20 novelas  – e de Joana Fomm. A justificativa da mesma para as demissões é a seguinte: ”O banco de autores, diretores e atores da Globo gira em torno de 1.500 talentos e é um ativo permanente, que será mantido com cuidado e o investimento de sempre. O que temos, e que também não é novo, é uma dinâmica entre contratos de prazo longo e de obra certa”, informou através de sua assessoria.

Pedro Paulo Rangel teve como último trabalho por lá a novela ”Amor Eterno Amor”, encerrada ano passado.

Já Joana Fomm sonha em voltar a a fazer parte de alguma produção. Em recente entrevista ao jornal ”Extra”, ela revelou seu desejo de voltar a atuar e disse estar preparada, após um momento ruim de sua vida. 

@leonaardogsilva 

 

Após ”Amor Eterno Amor”, Andreia Horta estará no seriado ”A Teia”

Atriz caracterizada como sua personagem na novela das seis

 

Andreia Horta não ficará muito tempo afastada das telinhas. Longe da TV desde o término de ”Amor Eterno Amor”, ela deverá integrar o elenco de ”A Teia”, seriado policial que a Globo irá lançar este ano. Ela é o primeiro grande nome a ser confirmado. Em recente declaração, a atriz revelou estar animada com 2013: ”O meu primeiro trabalho será na série ’A Teia’. Em 2013, faço 30 anos e sinto que será um ano fundamental em minha trajetória. Eu peço por saúde coragem doçura e paz! E como boa leonina, desejo a luz”.

Andreia era contratada da Record, lá fez ”Chamas da Vida” em 2009. Logo se mudou para Globo, onde esteve em ”A Cura”, e posteriormente na trama das seis.

”A Teia” terá autoria de Bráulio Mantovani, e Karolina Kotscho. A série deverá ser gravada em diferentes locais, como São Paulo,l Rio de Janeiro, Cuiabá e Brasília.

Leonardo Gabriel

CLUB DRAMATURGIA ESPECIAL: RETRÔ NOVELAS 2012 (BLOCO A)

SOAP

Boa Noite de Natal, querido leitor que ainda está na internet, mas já sente o cheiro do peru no forno. Sei que na semana passada eu havia falado que não teria uma edição da nossa coluna na noite de hoje devido ao feriado e por que eu sou um ser humano que precisa descansar, porém o nosso querido presidente e meu parceiro hoje nesta coluna me pediu que fizesse uma edição especial como uma de nossas atrações de fim de ano e concordei. Sem mais delongas o tema de hoje é: Novelas de 2012 ou Retrô 2012. Vamos falar das novelas que marcaram o ano em todas as emissoras. Infelizmente, só ficarei com vocês no bloco A e deixo o Bloco B no comando do Leo. O Club Dramaturgia começou!

tele

categoria 1

1 a 1 a a a a gab gabriela com nacib

Em 2012, a Rede Globo decidiu homenagear o romancista baiano Jorge Amado e, para tanto, colocou a cargo de Walcyr Carrasco uma releitura do livro mais famoso de sua obra: Gabriela, cravo e canela. Ao contrário do que todos pensam não foi um remake da versão de Walter George Durst, mas sim do romance do grande mestre.

Juliana Paes interpreta a moça do sertão que conquista a todos por onde passa com seu jeito de ser e as mãos de fada na cozinha tão brilhantemente como tem que ser. Aos 33 anos e encarando a segunda protagonista, Juliana atua com naturalidade e sensibilidade, o único defeito colocado pelos telespectadores foi a aparência dela, que é bonita por demais, e, para viver a sertaneja, teve de ficar da cor da canela, com cabelos secos e os olhos arredondados como uma avelã. Mas, segundo descrito no romance, é assim mesmo que deve ser: pele morena, cabelos rebeldes, olhos redondos e sorriso sincero.

Humberto Martins, o Nacib “Moço Bonito” Saad, interpretou muito bem seu personagem que é um árabe abaianado. Nas cenas mais quentes com Gabriela, ele também atuou com bastante naturalidade e profissionalismo, que o faz merecer uma menção honrosa nesta coluna, pois não é qualquer um que consegue se conter vendo Juliana Paes tomar banho.

Quem também merece menção aqui é a dona do Bataclã ou Maria Machadão, que foi incorporada brilhantemente pela rainha do axé Ivete Sangalo. Na sua estreia nas novelas, Ivete fez bonito cantando, sorrindo e chorando ao desenvolver uma química perfeita com Antônio Fagundes, que deu vida ao impassível coronel Ramiro.

Laura Cardoso nem sabe mais o que é uma má atuação, ela entra numa personagem tão profundamente que passa aquela sensação de que a dona Dorotéia saiu do livro e foi para novela marcar presença.

Para fechar com chave de ouro, o interprete do Coronel Jesuíno, José Wilker, foi mais que brilhante ao atuar em algumas das cenas mais fortes do folhetim, como a morte de Sinhazinha (Maitê Proença) e Osmundo (Erik Marmo).

categoria 2

Amor-Eterno-Amor

Ainda bem que agora encontrei você… Quem não se lembra do hit de Marisa Monte emplacado em ‘Amor Eterno Amor’, folhetim de Elizabeth Jim? A novela com temática e espírita e repleta de belas atuações tem um enredo bonito, misterioso e polêmico.

Uma novela que defende uma comunidade que sofre tanto preconceito como a espírita sempre tem uma repressão, com Amor Eterno Amor não foi diferente. Muita gente diz não ter assistido por causa da “macumba” da novela, porém macumba nenhuma eu vi.

Verbena (Ana Lucia Torre) era quem representava o núcleo espiritual da trama, que acompanha a trajetória de seu filho, Rodrigo (Gabriel Braga Nunes), do plano espiritual.

O foco era, claro, mostrar que há mais conexões entre o céu e a terra do que poderíamos jamais imaginar. Os dons de Clara (Klara Castanho), jovem sensitiva e com tendência à médium, e de Rodrigo, que tinha uma relação muito harmoniosa com a natureza e acalmava os animais com o toque das mãos, representavam este objetivo da trama.

No outro lado da moeda, Cássia Kiss Magro dá vida a uma vilã cruel, cujo coração possui puro ódio e que desperta o medo no telespectador, com tanta segurança que dá vontade de atirar pedras na televisão ao vê-la planejando suas maldades. Não é à toa que a megera acabou no umbral – que é como um inferno no espiritismo.

Letícia Persilhes ocupara o lugar de Carol Castro que, devido à compromissos com o teatro, não pôde protagonizar o folhetim e acabou interpretando um papel com menor destaque. Letícia nunca tinha feito uma novela, apenas trabalhou na minissérie Capitu, mas se saiu melhor do que se imaginava. A expectativa era que ela não agisse com muita naturalidade, todavia a morena calou a boca de muita gente.

Voltando ao enredo da novela, ele foi muito bem articulado, acrescentando tons de mistério e suspense ao romance que guiava a história.

categoria 3

empreguetes-cheias-de-charm

A estreia de Felipe Miguez e Izabel de Oliveira como autores principais de um folhetim não poderia ter sido melhor, em 8 meses, a trama das empreguetes conseguiu recuperar uma audiência e uma repercussão que não se via há muito na faixa de comédias da emissora.

No folhetim, as protagonistas são as Marias empregadas Penha (Thaís Araújo), Cida (Isabelle Drummond) e Rosário (Leandra Leal).

Thaís Araújo está voltando às telinhas após a Helana de Viver a Vida e a gravidez do filho. Já sarada de volta e as madeixas lindas como sempre, ela brilha com a batalhadora Penha que tem de aturar um ex-marido traste e a patroa Chayene (Cláudia Abreu) que abandona logo, logo, passando pela mão de várias outras madames do condomínio Casa Grande.

Isabelle Drummond é o que podemos chamar de “talento precoce”, pois, desde a Emília do Sítio, ela consegue dar vida a um personagem com naturalidade impressionante para alguém da sua idade. Para viver Maria Aparecida, a Cinderela das 19 horas, ela acrescentou um brilho extra à personagem.

Leandra Leal vive sua primeira protagonista, mesmo já estando na telinha há mais de uma década, só agora a moça conquista com louvor uma mocinha principal, no entanto, a personagem não agradou bastante por ser obcecada pela carreira de cantora. Só para frisar o problema não era com a atuação da loira e sim com a personagem.

Mas quem roubou a cena mesmo nessa novela foi Cláudia Abreu que esperou o nascimento de quatro filhos para voltar às telinhas (em grande estilo, diga-se de passagem). Chayene lançou moda e divertiu “que só” o público do folhetim com seu sotaque, seu visual, suas canções e suas artimanhas. Enfim, tudo que a Chayene fazia era para provocar risadas e não é que danada conseguiu?

O bloco A dessa edição especial do Club Dramaturgia vai ficando por aqui, porém o Bloco B vaia o ar daqui a exatamente vinte minutos no comando do meu amigo Leonardo Gabriel, fiquem com Deus e feliz natal.

 

TROFÉU CLUB TV I Edição #07

Durante diversas semanas a nossa edição semanal acabou não sendo realizada, isso devido a indisponibilidade de postar as edições e fazer a atualização. Problemas resolvidos! Então vamos a seguir a nossa decisão para destacar os melhores da TV agora na volta do Troféu CLUB TV!

Na Edição anterior, já havia sido repassado o panorama de melhor programa de auditório, melhor apresentador e apresentadora e melhor humorístico. Durante esse tempo sem nenhuma edição, outras enquetes foram realizadas e a nossa edição de hoje vai destacar quais foram os classificados e o resultado das enquetes exceto nas finais**. que é o caso das enquetes: “Melhor humorístico, Melhor programa jornalístico e Melhor Telejornal.

**As finais não terão resultado divulgado pois as mesmas enquetes serão reabertas na última semana da premiação para uma nova e decisiva votação popular.

ANCORA

Nessa disputa (já realizada no dia 27 de outubro) apenas 1 casal de âncoras de cada emissora serão classificados. Enquete já finalizada na etapa semifinal, separada por emissora vamos conferir então os classificados para a grande final que será realizada nas próximas edições.

As enquetes foram realizadas entre as principais redes: Globo, Record e SBT. Band e Rede TV não obtiveram enquetes mas terão candidatos nessa disputa.

BAND: Bóris Casoy e Ticiana Vilas Boas
REDE TV: Augusto Xavier e Amanda Klein.

Você pode conferir o resultado das três enquetes individuais na íntegra clicando em qualquer um desses links: EnqueteSBT / EnqueteRecord / EnqueteGlobo


GLOBO: Willian Bonner e Sandra Anhenberg foram classificados com 42% e 23% dos votos
SBT: Carlos Nascimento e Rachel Sheherazade foram classificados com 38% e 27% dos votos
RECORD: Ana Paula Padrão e Celso Freitas foram classificados com 60% e 21% dos votos


GLOBO: Patrícia Poeta e Chico pinheiro com 16% e 4% dos votos
SBT: Hermanno Henning e Karyn Bravo com 9% empatados
RECORD: Adriana Reid com 7% dos votos


GLOBO: Renata Vasconcelos e Willian Waack com 8% e 4% dos votos
SBT: Cynthia Benini e Joseval Peixoto com 7% e 6% dos votos
RECORD: Carla Cecato com 5% dos votos.

=========================================================

 

NOVELAMELHORE agora abrimos as enquetes para Melhor Novela da Record e SBT. O resultado das novelas Globais será revelado na próxima edição. Vote e participe!


=====================================================

 

E a edição de hoje do TROFÉU CLUB TV fica por aqui… Mas semana que vem teremos mais uma pesquisa e o resultado das enquetes das novelas! Quem será classificado?

Participe! Vote! Somente você pode decidir!

Até lá!

Projeto desenvolvido por Henrique Oliveira para o CLUB TV
henrique_oliveiras@live.com

”Lado a Lado” registra uma das piores audiências da Globo em quase quatro anos

”Lado a Lado” segue sem agradar nos bastidores da Globo, e tais resultados desde sua estréia já deixaram a emissora em alerta. Nesta última quinta feira (25) a trama dos estreantes João Ximenes Braga e Cláudia Lage voltou a bater um recorde negativo de audiência – marcou apenas 14 pontos de média, índices inferiores ao da reprise de ‘Da Cor do Pecado’, no Rio de Janeiro.

Ela já é considerada uma das piores médias da Globo em quatro anos. A última a obter este mesmo resultado foi a problemática ‘Negócios da China’, no dia 31 de agosto de 2009. Quando considerado que este número foi registrado em um Sábado, percebe-se que a situação é realmente crítica. Não há registros que comprovem que uma novela chegou a esta marca há dez anos.

Por mais que modificações tenham sido realizadas, em seu roteiro e na fotografia escura, que iria ser um pouco clareada, ainda não se viu bons resultados, e ela segue sendo ainda pior que ‘Amor Eterno Amor’, que também não foi considerada um sucesso.

Leonardo Gabriel

 

Cássia Kiss Magro acha que Carminha merece perdão em ‘Avenida Brasil’ e critica final de Melissa

Cássia como Melissa na novela das seis

A atriz Cássia Kiss Magro em recente entrevista criticou os finais dos vilões de novelas, que segunda ela sempre terminam com os mesmos desfechos. Além disso ela acha que Carminha, de ‘Avenida Brasil’ merece uma segunda chance na trama. Aproveitou a oportunidade para dar uma leve alfinetada em seu personagem em ‘Amor Eterno Amor”, que depois de aprontar todas acabou penando na lama de um umbral

‘Eu acho que todo vilão merece perdão. Na vida real, todos nós erramos e temos uma segunda chance. Estou cansada de sempre aos mesmos finais nas novelas: o antagonista é preso, vai para o inferno… Acho que devia ser dado um caminho a Carminha  assistir para que ela pudesse se regenerar’.

Leonardo Gabriel

RELEMBRE: “Amor eterno amor” marca 23 pontos de audiência em sua estreia

O primeiro capítulo de “Amor eterno amor” novela de Elizabeth Jhin com direção de núcleo de Rogério Gomes, teve 23 de média de audiência e 45% de participação no horario em que foi ao ar.
Sua antecessora ” A vida da gente ” registrou média de 23 pontos e 44% de share durante a exibição de seu primeiro capítulo, no dia 26 de setembro de 2011.