Audiência Espanhola: Domingo esportivo com destaque novamente para a “La Sexta”

Em pleno domingo esportivo o emissora “La Sexta” é um dos grandes destaques novamente por sua audiência fora do comum

No domingo esportivo com um super clássico espanhol (Barcelona e Real Madri) todas as emissoras abertas (inclusive as que detinham o direito de transmissão) deixaram o jogo de lado e passaram trechos ao vivo e gravados durante a programação. Além disso, tivemos a Formula 1.

A transmissão ao vivo do GP do Japão registrou 37% da audiência total de todas as emissoras abertas e fechadas com 1,028 milhão de telespectadores sendo a primeira colocada no horário. A reprise registrou 15,2% e 1,324. As duas exibições foram na Antena 3 (canal aberto).

O destaque vai novamente para a alta audiência de “Salvados” séria da emissora aberta “La Sexta”. A série conseguiu registrar 12% na primeira parte  com 2,129 milhões de televisores ligados e a segunda parte com 9,8 e 1,841.

No top de audiências do dia a primeira parte de “Salvados” foi a 4º lugar e a segunda parte o 9º.

Eduardo Couto

Espanha: Mudança de dono faz emissora alcançar uma colocação que não conseguia a mais de três anos!

Na Espanha existem apenas 6 canais nacionais abertos, sendo 2 do governo (“La 1” e “La 2”) e Quatro da iniciativa privada divididos até o último dia de setembro em 3 grupos. O primeiro tinha duas emissoras (“Telecinco” e “Cuatro”) os outros tinham uma emissora cada (“Antena 3” e “LaSexta”) até a fusão que entrou em vigor dia 30 de setembro (entre a “Antena 3” e “LaSexta”).

O que pegou a concorrência de surpresa nesta fusão é que neste domingo dia 30/09, ainda sob domínio do antigo grupo, parece que a “LaSexta” voltou a dar bons índices chegando a bater 7 programas da “Antena 3” sua compradora.

Sua média dia chegou a ser maior que 5 pontos e foi líder por 13 minutos não consecutivos.

Os suas duas maiores audiências foram 2 episódios de Salvados, onde o primeiro registrou a 4 melhor audiência do dia (13,6) e o segundo a Sétima (10,8%), este foi líder por 11 minutos não consecutivos.

A pergunta que fica para você querido leitor é se a marca influencia a audiência no Brasil e no mundo???

Pense, reflita e comente.

Eduardo Couto