João Emanuel Carneiro já trabalha em sua próxima novela

Autor de Avenida Brasil terá nova novela em 2016

Autor de um dos maiores sucessos da atualidade, a novela “Avenida Brasil”, o autor João Emanuel Carneiro já tem definição de quando será seu próximo trabalho na Globo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a nova produção de escritor esta prevista apenas para 2016. No entanto, o autor já trabalha com antecedência nesse novo projeto.

Ainda segundo a publicação, o novo folhetim trará a história de amor e ódio entre três mulheres de uma mesma família.

Henrique Oliveira

‘No fundo a Carminha ama o Tufão e aquela família’ diz autor de ‘Avenida Brasil’

Em entrevista ao jornal ‘Folha de São Paulo’, o autor João Emanuel Carneiro, autor de ‘Avenida Brasil’, revelou que sua verdadeira preocupação não é nem inovar nas histórias de um folhetim, mas sim de produzir uma boa trama, que segundo ele já é bastante difícil: ‘Eu não não tenho a pretensão de inovar nada, só de fazer uma boa novela, o que já considero bastante difícil’.

Sobre a vilã Carminha, interpretada por Adriana Esteves que vem recebendo inúmeros elogios por sua atuação, ele revelou que a única verdade que há nela é a de que ama seu filho, Jorginho. Porém, mesmo enganando a todos durante muitos anos, João Emanuel acredita que ela já tenha se tornado dependente e todos ps familiares e de suas confusões na mansão do Divino: ‘Acho que no fundo ela ama o Tufão e aquela família, senão já teria se mandado com Max’.

Sobre o segredo misterioso de Mãe Lucinda, tão comentado atualmente, o noveleiro afirmou que somente no final o público irá saber essa relação que ela manteve com Carminha no passado, e o verdadeiro motivo de Lucinda ter deixado Max aos cuidados de seu pai, Nilo.

‘Max é um marginal frágil, sempre em crise, um bandido que sofre de depressão e síndrome do pânico. Ele é um sobrevivente do lixo, capaz de fazer qualquer coisas para não voltar para lá’, disse o autor sobre o perfil do vilão.

Rapidinhas da TV:

 – Em um levantamento feito pela ‘Qual Canal’, foi descoberto que a rede Globo é a emissora mais citada no Twitter, o dobro da segunda colocada, Record.  Visando isso, algumas delas já estão criando equipes só para a internet, e recorrendo a empresas especializadas de monitoramento. Para os canais de TV, é muito importante e válido saber o que o público diz e acha sobre eles.

– Eliana já pode comemorar, pelo fato de seu programa estar completando 3 anos no SBT, e por sua audiência que vem cada vez mais se destacando na emissora. Neste Domingo, mais uma vez a atração foi vice líder, com média de 7 pontos.

 – Por outro lado: O Pânico na Band marcou seu recorde negativo de audiência também neste Domingo. O programa comandado por Emílio Surita ficou com 7 pontos, a menor desde sua estréia na emissora dos Saad. Mesmo assim ainda é a maior audiência da casa.

Autor de Avenida Brasil revela: “Carminha vai conseguir recuperar as fotos que a incriminam”

O autor da novela Avenida Brasil resolveu abrir o jogo e contar um pouco mais dos detalhes
do folhetim de sucesso assinado por ele.
Em conversa com a coluna Controle Remoto da jornalista Patrícia Kogut o autor revelou que
o calvário da megera Carminha esta chegando ao fim e ela vai dar a volta por cima na novela.
A vilã que esta sendo humilhada por Nina vai conseguir as provas que a incriminam e isso
será mais do que suficiente para ela retornar tão maquiavélica quanto antes.
A prova mais temida, as fotos que comprovam sua traição estão escondidas, e serão encontradas:
– Ela vai tripudiar em cima da Nina. Vai usar o dinheiro que Nina deu para Max para incriminar Nina diante da família Tufão. E vai conseguir fotos de Nina com Max, em que eles vão parecer estar namorando. Vai mostrar para Ivana. Carminha fará Nina parecer uma psicopata. Revela.

Henrique Oliveira

Entrevista de João Emanuel Carneiro não foi bem vista na Globo

Segundo informa o jornalista Flávio Ricco, a recente entrevista que o autor de novelas, João Emanuel Carneiro deu a revista ‘Veja’ não foi muito bem aceita pelos demais autores da rede Globo.

Embora não tenha citado nomes, ele usou o termo ‘coleguinhas’ e não poupou a língua:’Prefiro não citar exemplos, pois não seria gentil com os coleguinhas, mas nos últimos anos as novelas subestimaram o espectador’.

Depois, ele utilizou o mesmo termo para se direcionar a outro fator, referindo-se a função social das novelas.Questionado, ele revelou que ‘Avenida’ possui mais Merchandising social por um desejo próprio:’É um desejo meu, pois já me incomodei com o excesso disso em outras tramas. Mas não posso falar mal dos coleguinhas. Autor de novela é uma raça muito sacrificada’.

Leonardo Gabriel