Alexandre Borges diz que Cadinho ”vive o paraíso e o inferno dos homens”

O papel que Alexandre Borges vem fazendo em ‘Avenida Brasil’ tinha tudo para ser o cafajeste da vez, porém, ele ganhou o público com sei jeito debochado e divertido de ser.’As mulheres não odeiam o Cadinho. Sabem que o que ele faz é muito errado, mas ele realmente ama essas esposas, as famílias que construiu’, defende o intérprete.’“Desde o princípio, levamos essa história sem nos preocupar com as questões morais. O foco é o humor leve, de bom gosto’.

‘Os homens me apoiam. Alguns me encontram na rua e dizem: ‘Eu sei o que você está passando (risos)’ revela Alexandre Borges.’A verdade é que o Cadinho vive o paraíso e o inferno dos homens. Ele tem de rebolar para dar conta dessas três mulheres.’

Mesmo com Noêmia e Verônica descobrindo que ele tinha duas famílias, e de quebra uma amante, Alexia, as confusões ainda estão longe de chegar ao fim.

‘Ele diz que mudou. Mas já foi para as esposas com um papo de que vai ser o melhor ex-marido do mundo (risos)’.

Alexandre acha que seu personagem faz as pessoas reverem os valores do heterossexual do século 21, mas sem julgamentos severos.

‘Não sei qual será o final do Cadinho, mas ele não quer magoar ninguém.’

‘Gravo em horários diferentes com cada uma das atrizes’. ‘Quando uma sai e entra a outra, começo de novo, do zero. Me dedico ao máximo a cada uma delas. Acho que entendo o Cadinho’, conta ele, que assim como Cadinho, se divide em três.

Em ‘Avenida’, ele acabou sendo um dos personagens de maior destaque no folhetim.

Leonardo Gabriel