“Casos de Família” volta com programas inéditos nesta quarta (06)

Casos de Família volta com programas inéditos

Depois de uma re-estreia no no horário nobre, ter sido cancelado e voltado ao ar com reprises, o “Casos de Família” voltará a exibição de programas inéditos no SBT.

A novidade foi anunciada pela própria apresentadora da atração, Christina Rocha por meio de seu perfil no Twitter. “Feliz! A partir de 4a feira que vem, só programas inéditos no ar, e eu continuo opinando nos casos com a mesma LIBERDADE DE SEMPRE!!!.bjo♥” contou.

A partir desta quarta-feira (06) o programa será exibido apenas em episódios inéditos recém gravados. No programa de retorno terá como tema relacionamentos conturbados que acabam em agressões o que já promete polêmica.

Christina Rocha faz revelações sobre os bastidores do “Casos de família”

“Tenho orgulho de fazer um programa popular”

A apresentadora do “Casos de família” Christina Rocha revelou em recente entrevista para o programa “De frente com Gabi” os bastidores de como funciona a gravação e as escolhas de temas para seu programa na emissora. A entrevista foi ao ar no dia 07 de outubro.

Christina confirmou o pagamento de cachê aos participantes do programa, pagamento que seria pela sua imagem exibida e o valor médio de um dia de trabalho perdido, o que seria cerca de 80 reais. E negou mais uma vez que o programa se tratava de uma armação.

Em relação aos temas, a apresentadora contou que depende de colaboradores que mandam casos para o programa, além de uma equipe de estagiários que vão na casa dessas pessoas para verificar a história, o próximo passo seria ir no SBT passar por uma entrevista para verificar os dois lados da história e também impedir que entre no programa alguma história falsa.

Christina também revelou que alguns participantes querem realmente aparecer na televisão e pela transformação por uma transformação visual feita pela equipe do programa, que coloca dentaduras, faz penteados, e cuida da maquiagem das participantes.

Sempre trabalhando com gêneros popularescos, ela contou como foi sua luta para ser escolhida a nova apresentadora do “Casos”. Revelou problemas financeiros que teria passado depois que ficou fora do ar, e até seu trabalho em outras emissoras revelando também como foi trabalhar com Clodovil na Gazeta. 

Por fim, Christina criticou quem considera o programa como brega e citou a classe c que é a que mais cresce no país e que todos estão se transformando para tentar agradar esse novo público. Exemplificou que até a Globo ta se rendendo ao “popular” com novelas e programas em geral.

Especial para o CLUB TV
Henrique Oliveira