Quadro ”A Turma do Didi Maiscedo” é retirado do ”Pânico” por receio de apelo religioso

O programa ”Pânico na Band” decidiu retirar do ar o quadro ”A Turma do Didi Maiscedo”, na qual o pastor Edir Macedo era utilizado como clara referência. Quem tomou a providência não foi a direção da atração, e sim o intérprete do personagem – Marvio Lucio.

Ele temeu apelos religiosos e a má recepção do público. Por isso decidiu se antecipar. Em entrevista concedida ao colunista Maurício Stycer, do UOL, Marcio relembrou um fato que desagradou o público: a sátira criada pela MTV da ”Casa dos Artistas”, intitulada de ”Casa dos Autistas”, na qual afirmou que o episódio não pegou bem para Marcelo Adnet, que participava do programa responsável por ela.

No lugar do ”A Turma do Didi Maiscedo” entra o ”Marcelo Sem Dente”, da qual o jornalista Marcelo Rezende, da Record é o alvo. No quadro, que ainda continua parecido com o do ”Fala Que eu te escuto” há até mesmo um pastor, que exorciza demônios de aparelhos domésticos.

@leonaardogsilva 

”Pânico na Band” pode exibir o último ”Jornal do Boris” neste Domingo (23)

Recentemente, o humorista Marvio Lucio, mais conhecido como ”Carioca”, integrante do ”Pânico Na Band” declarou que pretende abandonar seu personagem que fez sucesso ao longo deste ano. Trata-se da sátira do jornalista Boris Casoy, do ”Jornal do Boris”. ”Já deu. Já espremi demais esse suco”, declarou ele recentemente, que também deu a entender que neste Domingo (23) vai ao ar a última edição do quadro.

”Posso até voltar com o personagem em alguma situação, como cobertura de eleições, mas quero fazer algo novo em 2013”, disse. O humorista também revelou que pretende ”quebrar a cabeça” durante as férias para criar algo novo.

A sátira de Boris Casoy surgiu após ele ter feito a imitação de Jô Soares, como Jô Suado, que não deve ter tido uma aceitação positiva do apresentador global, já que em determinada ocasião, ele tratou o humorista com muita antipatia…

Leonardo Gabriel