‘Isso virou febre’, diz Isabelle Drummond sobre ‘Cheias de Charme’

Em recente entrevista, a intérprete de Cida de ‘Cheias de Charme’ falou um pouco sobre a novela, sucesso, e sobre sua personagem, a famosa cantora que fazia parte do trio das empreguetes. ‘Nunca imaginei fazer coisas que fiz nessa novela como cantar, dançar e atuar tudo junto’, disse ela, sobre a nova experiência.

Mesmo sendo uma das protagonistas da história, ela declarou que não gosta de se ver na TV, e olha que nem é porque a personagem dela é meio sem sal, é porque ela não gosta mesmo: ‘Não sei porque mas não gosto muito de me assistir não. Nunca gostei, mas quando assisto é porque curto a história’. O sucesso da trama é tanto, que por vezes Drummond dá autógrafos como Cida: ‘Muitas vezes dou autógrafo como Cida. Isso virou febre’.’ Até minha empregada me chama de Empreguete’.

Sobre o possível reencontro do trio, já dado como certo por alguns, Isabelle não quis revelar detalhes: ‘Ainda não sabemos se vai ter uma volta’. Perguntada sobre os homens que a cercam, na novela: Conrado e Elano, ela respondeu: ‘Estou torcendo pra que ela fique com quem fizer ela mais feliz’.

Leonardo Gabriel

 

 

”Cheias de Charme”: Cida faz patroetes virarem empreguetes

Cida, que acabou de voltar para a casa dos Sarmentos está disposta a não dar paz para os ‘tubarões’.Sua presença por si só já causa grande desconforto em Sônia e em suas filhas, Isadora e Ariela.

Decidida a não deixar barato todas as humilhações que sofreu ainda quando era empregada da família, a empreguete famosa decidirá fazer as patroetes virarem empregadas por uns dias.

Sônia e Isadora vão sofrer ao ter que arear panela, lustrar a prataria, escovar tapete e muito mais.Além disso, ela dirá que as duas não estão fazendo nada de mais, que isso é apenas uma retribuição, já que agora é ela quem arca com as despesas da casa.

Leonardo Gabriel

Empreguetes de ”Cheias de Charme” lançarão novos vídeos

Quase dois meses da estréia de ‘Cheias de Charme’, uma estréia bem sucedida, diga-se de passagem, aos autores iniciantes em novelas da Globo, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira falaram em recente entrevista sobre a trama, de novos personagens e de como a internet os tem ajudado.

Satisfeitos com o sucesso do folhetim, que já é a maior audiência de uma novela das 19h00 nesses últimos cinco anos, eles contaram que ficaram surpresos com o número de visualizações que o clipe ‘Vida de empreguete’ obteve, e adiantam que mais videoclipes vem por aí.

‘A quantidade de acessos ao clipe, eu não digo que me surpreendeu, mas me deixou muito feliz. Foi uma prova de que as pessoas não só gostam da novela, mas têm vontade de interagir com ela, estão totalmente inseridas naquele universo’, afirmou Izabel.

‘(As Empreguetes) vão ter uma carreira, com outras músicas e clipes’, disse Filipe.

Mas parece que o trio das domésticas vem conquistando seu espaço através do sucesso, mas encontram-se atualmente desiludidas com o amor.Penha vive brigando com seu marido, que não faz nada, Cida ao que parece se desiludiu com Conrado e Rosário está noive de Inácio.

Há uma parcela do público que torça para que Conrado se regenere a volta com a arrumadeira, porém ao que tudo parece, Elano terá a sua chance, e engatará um romance com ela.

‘Conrado de fato balança quando vê Cida. É um playboyzinho vazio, sem grandes sentimentos, mas ao seu jeito gosta de Cida, sim. Elano, é claro, vai ter sua chance’, adiantou Filipe.

Quanto a Penha, Gilson, entrará na trama para balançar seu coração, mas os autores não revelam muito detalhes.'”Isso é bem lá pra frente’, afirma Izabel.

INTERNET:

No momento em que se há um debate, para chegar a decisão se realmente a  internet irá tirar as pessoas da frente da TV, os dois autores resolveram se aliar a esta tecnologia, e demostraram que isso está lhes rendendo um resultado bastante positivo.

‘O mundo hoje é ‘transmídia’. Por que a novela não haveria de ser? A internet é um dos personagens principais de ‘Cheias de Charme’, a primeira grande virada da história é a divulgação do clipe na rede”, explicou Filipe. “Isso muda a vida das protagonistas’.

‘E a novela fala dessa mobilidade social, do acesso das pessoas à informação e aos meios de produção e divulgação de conteúdo”, afirmou. “Outras tramas talvez não tenham tanta ligação com a internet como esta tem, e foi uma oportunidade que quisemos aproveitar de utilizar essa ferramenta a favor da narrativa televisiva.’

Para Izabel, um bom enredo nunca fará o telespectador se afastar da televisão:’Claro que internet cria outras opções, mas nada tira o lugar da dramaturgia. Acho que devemos encarar a internet como mais uma ferramenta pras suas histórias. Assim como o celular mudou as demais as tramas, a internet é uma ferramenta que pode ser usada a favor’, finalizou.

Leonardo Gabriel