Mesmo negociando com sequestradores, Datena não consegue elevar os índices do ”Brasil Urgente”

A edição desta quarta feira (28/11) do ”Brasil Urgente” não teve modificações em seus números. O jornalístico de José Luiz Datena continuou na mesma, ao contrário do que se pensava anteriormente, que com uma negociação de sequestro seus índices iriam dobrar, triplicar, enfim… 

o telejornal marcou 5 pontos de audiência, o mesmo que vinha registrando nos demais dias. Isso, considerando a exibição nacional e local, comandada por Márcio Campos. Apedar disso, em alguns momentos chegou a superar o ”Cidade Alerta”, da Record.

Mas nem por isso ficou á sua frente. Comandado por Marcelo Rezende, o noticiário da concorrente continuou bem e fechou com média de 8 pontos.

Leonardo Gabriel

 

 

‘Cidade Alerta’ passa a ser a atração de maior audiência da Record

Com ‘Balacobaco’ mantendo seus baixos índices, e consequentemente o ‘Ídolos’ também, o jornalístico ‘Cidade Alerta” ocupou o posto de ‘produto de maior audiência da casa’, na Record, nesta sexta feira.

Comandado por Marcelo Rezende, ele registrou 7 pontos de média, ficando na vice liderança. Quando comparado as demais atrações da casa, na área de teledramaturgia e artística, nota-se seu enfraquecimento e  percebe-se que os números dos telejornais obtêm vantagens.

O ‘SP No Ar’, exibido pela manhã, foi o segunda mais visto, seguido pelo ‘Ídolos’, que foi o primeiro quando considerado a área artística.

Leonardo Gabriel