Record é condenada pela Justiça a indenizar assistente de direção em R$ 2 milhões

Novas dívidas 

Record é condenada pela Justiça a indenizar assistente de direção em 2 milhões

A suposta crise financeira da Record parece ter atingido um novo capítulo. Desta vez, o canal dos bispos foi condenado pela justiça a pagar R$ 2 milhões para uma assistente de direção.

Segundo a informação publicada no jornal O Dia, a emissora a contratou para trabalhar na novela “Mutantes”, trama de Tiago Santiago exibida por volta do ano de 2008, e exigiu que a profissional tivesse um contrato de pessoa jurídica para evitar relações trabalhistas.

Agora, o Tribunal Regional do Trabalho anulou o contrato de prestação de serviços e entendeu que a assistente era funcionária da empresa.

Henrique Oliveira

Record desmente o fim do Recnov em comunicado oficial

Record nega o fechamento do Recnov

A Record por meio de um comunicado oficial resolveu esclarecer a série de boatos sobre uma suposto fechamento do Recnov. As informações contavam que a novela “Pecado Mortal”, de Carlos Lombardi, seria a última trama a ser feita no Centro de Produção de Teledramaturgia da emissora que passaria a terceirizar suas produções.

Na nota emitida nesta terça (04) pela assessoria de comunicação, a emissora desmentiu o fim do Recnov e ainda garantiu pelo menos um horário de novelas na grade de programação.

Confira o comunicado na íntegra:

“A Record informa que o RecNov permanece como Centro de Produção de Teledramaturgia, no Rio de Janeiro, com a previsão de produzir pelo menos um horário de novelas para a grade de programação.

O RecNov continua com a produção de Dona Xepa, de Gustavo Reiz, além de, em breve, dar início às gravações da próxima novela de autoria de Carlos Lombardi. E, reforçando ainda mais a continuidade das produções, a Record já definiu uma trama escrita por Cristianne Fridman para ser produzida e exibida após Pecado Mortal, de Lombardi.

Esta informação é necessária para desmentir boatos que, seguidamente, atingem a Record.”

Henrique Oliveira

Crise: Record Ribeirão demite 13 funcionários nessa sexta

record1j

O clima não foi nada agradável na Record Ribeirão. A emissora estaria passando por uma séria crise estrutural e acabou demitindo 13 funcionários nessa sexta-feira (05).

Dentre os profissionais que foram demitidos estariam 3 editores, 9 operacionais e uma jornalista. Os cortes atingiram também toda a programação local no período da manhã, os programas “Direto da redação” e Agro Record deixarão de ser exibidos.

Segundo o colunista Flávio Ricco (UOL), os funcionários estariam passando por dificuldades
trabalhando numa redação ultra-moderna, que teria custado 10 milhões ao caixa da emissora, mas com equipe reduzida e equipamentos funcionando “a manivela”.

Henrique Oliveira

Funcionários da Record são avisados sobre novos cortes

Mais demissões… 

Do-Jeito-Que-o-Povo-Gosta

A emissora dos bispos esta passando por uma fase de crise já faz alguns meses. Depois de promover demissões na sede do Rio de Janeiro agora a emissora anuncia novos cortes.

Segundo a coluna “Em Off”, a meta estipulada é de fazer uma redução de 5% do pessoal. Dessa vez, os cortes atingem todos os setores da emissora. Vagas em alguns programas foram fechadas, cortes no jornalismo também serão realizados.

Além disso, alguns apresentadores que ganham muito bem estão sendo chamados novamente para uma renegociação sobre um novo contrato com uma redução de salário. Alguns aceitaram, outros não e devem deixar a emissora.

Henrique Oliveira