Nanda Costa revela que gosta de separar a vida pública da privada e preservar integridade

Nanda Costa conta que não acreditavam nela:

Enquanto muitos artistas andam fazendo de tudo para ter alguma visibilidade na mídia, a atual protagonista do horário nobre na Globo, Nanda Costa (foto), procurar não expor sua vida pessoal e parece está dando certo, a final, apenas notícias sobre sua vida profissional circulam na rede…

Acontece que com a visibilidade ganhada pela Morena e que veio de uma forma surpreendente rápida a atriz teve que mudar a rotina da noite pro dia e hoje prefere se preservar mais. 

 “Já tive o meu momento de ir para a Lapa, frequentar as gafieiras, gosto de samba, mas hoje prefiro preservar a Fernanda”, contou, deixando bem claro que leva a profissão muito a sério.” a atriz revela e depois completa: “Sou da escola do frescobol, não do pingue-pongue. No frescobol, a bola não pode cair no chão”.

João Paulo Alves 

“Ela vai tocar o terror” revela Nanda Costa sobre sua personagem

Nanda diz que está adorando viver a mocinha da novela…

Atualmente vivendo a Morena de Salve Jorge, Nana Costa fez algumas confissões ao jornalista Leo Dias no quadro que dele para o site “Na Telinha”, o Pronto Falei. Com a expressão cansada de quem encara uma longa jornada de trabalho ela confessa: “Eu estou totalmente focada e vivendo o trabalho 24 horas. Dormindo pensando no texto. Acordo super cedo. Minha vida é casa, Projac, Projac, casa, externas. Sempre que eu saio eu estou praticamente vestida de Morena”.

A bela fica um pouco balançada apenas quando o jornalista diz que “uma protagonista ganha um lindo telhado de vidro e fica expostas às críticas”, mas ela rebate: “Não tenho muito tempo pra acompanhar isso. Tenho recebido um apoio muito grande das pessoas no Projac”. Para finalizar, ela declara que a Morena não é um mocinha sem sal, muito pelo contrário, ela “vai aprontar muito. Se vocês acham que Morena já deu o que falar, ela não deu nada o que falar, porque ela vai tocar o terror. E ainda vai ter muito romance”.

JOÃO PAULO ALVES
REDAÇÃO