Patrícia Abravanel alça voos mais altos no SBT

Inicialmente conhecida como a “filha número quatro” de Silvio Santos, Patrícia Abravanel ganhou destaque ao ser vítima de um sequestro em 2001. Após lutar contra a veia artística por anos, ela finalmente abraçou a carreira que herdou do pai e se prepara para conquistar mais espaço no SBT.

Depois de estrear como apresentadora no “Festival SBT 30 Anos”, ajudar na apresentação do “Roda a Roda” e, agora, à frente do “Cante Se Puder”, ela ganhará um programa próprio, que estreia no fim de agosto, com exibição prevista para as noites de sábado.

Patrícia ainda não comenta o formato da atração, que será dirigida por Leonor Corrêa, irmã de Fausto Silva, mas especula-se que seja uma adaptação mais moderna do “Show de Calouros”, que o pai dela comandou por muitos anos. Isso, no entanto, vai contra o desejo de Patrícia, que sonha com um projeto em que possa sair do estúdio e ir para as ruas, interagir com o público. “Eu quero ser popular, que o povão me ame”, declarou ela, logo que apareceu na TV.

Para assumir a própria atração, Patrícia deixará o “Cante Se Puder” assim que a primeira temporada do musical acabar. O programa, no entanto, não chegará ao fim: o SBT já renovou o contrato com a produtora Zodiak Rights, dona do formato internacional, para que uma nova temporada do musical seja produzida em breve.

A emissora ainda estuda, porém, se o humorista Márcio Ballas comandará a atração sozinho ou se dividirá o palco com uma nova apresentadora.