CNN pode criar um canal no Brasil

CNN

 

Sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, o Brasil vem despertando interesse das emissoras internacionais. Depois da Discovery, que pretende comprar alguma emissora da TV Aberta, a CNN também deve criar um canal no país.

Segundo a coluna Canal 1, Anthony Doyle, vice-presidente regional da Turner International do Brasil, disse que aparecem empresários interessados em criar uma CNN Brasil. De acordo com ele, algumas negociações até demoram; outras, nem tanto. Ou seja, a hipótese de uma CNN aqui não está descartada.

Até há poucos anos, a cobertura sobre o país era esporádica, mas agora é comum o Brasil ser tema de até três matérias semanais no canal. Os interesses da audiência global sobre o Brasil são variados. “O Brasil é uma parte importante dessa conversa global, não só em termos de economia e política, mas também do ponto de vista diplomático”, afirmou Parisa, vice-presidente sênior da CNN Worldwide.

Fox Sports negocia acordo com Globosat

sportv-foxsports-logos

Tudo indica que os grupos Fox e Globo entrem em um acordo para divisão de direitos de eventos
esportivos para os próximos anos, o acordo previsto semanas atras parece estar ganhando forma. As informações são do jornalista Daniel Kastro.

O acordo teria seria validado durante os anos de 2013 á 2018. Durante esse período a Fox cederia para a SporTV os direitos das Copas Libertadores e da Sul-Americana. Em troca, a Fox Sports receberia os direitos das Copas de 2014 e 2018 e das Olímpíadas de 2016.

Além disso, Fox ganharia os direitos do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. No brasileirão esses direitos seria limitados á VTs, gols e lances. No caso dos VTs a Fox poderá exibir VTs até de jogos realizados no mesmo dia, mas somente por exibição pay-per-view e nada ao vivo. 

Globo continuaria tendo preferência de escolha dos jogos da libertadores nas quartas, Fox ficaria com a segunda opção. E a SporTV exibiria o mesmo jogo da Globo ou transmitiria outra partida.

No entanto, já surgem comentários de que a Fox Sports estaria “enrolando” nesse acordo com o objetivo de complicar as negociações da Globosat… Só resta esperar.

Henrique Oliveira

Globo já se move para adquirir os direitos das Olimpíadas de 2020

As Olimpíadas de Londres mal acabaram e a Globo já estuda fazer uma proposta milionária para adquirir os direitos das exibições das competições em 2020, segundo o jornal Folha de São Paulo.

A emissora dos Marinho tem umas artimanhas para isso: Pretende convencer o Comitê Olímpico que  se as transmissões não forem exclusivas há maiores chances de arrecadamentos e de maior divulgação das competições na TV aberta. A Record, por outro lado, pretende fazer como fez com o Pan, tudo em sigilo.

Mas, a Globo diz que nem pensa nisso ainda, que o foco é na verdade nas transmissões de 2016, cujo serão divididas entre Band, Record e ela própria.

Leonardo Gabriel