SBT analisa as imagens de Sílvio Santos sendo enterrado no ”Pânico”

"Pânico" promove enterro do personagem Silvio Santos (24/6/12)

O departamento jurídico do SBT já está analisando as imagens exibidas ontem no programa ‘Pânico na Band’.Durante a atração, o personagem de Welinton Muniz, o Ceará que satirizava Sílvio Santos foi velado e enterrado.Houve até encenação por parte dos demais integrantes que compõem o elenco.Todos estavam aparentando estarem tristes, vestindo preto.

De repente um caixão invadiu o palco, onde já até haviam pessoas ‘chorando’ a perda.’Estamos enterrando uma piada, um personagem, uma brincadeira’, dizia o apresentador Emílio Surita.No final, o caixão foi enterrado fora do estúdio.

A brincadeira foi feita diante do pedido negado a Band, de o SBT suspender a decisão da justiça de que o elenco do programa não poderia chegar perto de Sílvio Santos, nem de continuar imitando-o e nem de veicular sua imagem em qualquer atração da casa.

Na encenação não foi citado o nome do animador de TV, porém, foi clara a referência, já que o humorista Welignton estava vestido com a roupa e a dentadura do personagem.Porém, o microfone não apareceu.

Leonardo Gabriel

Sílvio Santos é enterrado no ”Pânico na Band”

"Pânico" promove enterro do personagem Silvio Santos (24/6/12)

Ontem durante a exibição do humorístico ‘Pânico na Band’, definitivamente o personagem de Wellinton Muniz, o ‘Ceará’ foi enterrado, literalmente.Como podemos ver na imagem acima, o elenco da atração se vestia inteiramente de preto para conferirem o enterro de Sílvio.Isso tudo porque o programa há algumas semanas atrás foi proibida de imitar o animador de TV.Não só a atração, mas toda a emissora está proibida de veicular as imagens do apresentador.

‘chegou a hora de dizer adeus a essa piada’, disse o apresentador Emílio Surita.No dia 28 de Maio, para ser mais exato, Sílvio Santos entrou com uma ação na justiça, fazendo com que não fosse mais veiculadas imitações suas.Essa decisão se estendeu por toda a Band.Os participantes do ‘Pânico’ ao menos podem chegar perto dele, podendo pagar uma multa de R$ 1oo mil diários.

Bem que a Band tentou recorrer a decisão, mas sem sucesso.

Leonardo Gabriel