Autor de ”Pecado Mortal” confessa que trama pode ser adiada

 

Foi noticiado recentemente pelo jornalista Flávio Ricco que a equipe de produção de ”Pecado Mortal”, próxima novela da Record, estava tendo uma certa dificuldade na construção de alguns cenários para a trama. Eles representariam a década de 1940.

Em meio a isso, e tentando esclarecer os fatos, o novelista decidiu se pronunciar e colocar ”os pingos nos ”is”: ”Hoje na coluna do Flávio Ricco é mencionada uma suposta dificuldade de produção em Pecado Mortal por conta das cenas do primeiro capítulo. Lá é dito que há cenários específicos para as cenas de 1941. É fato. O que não foi informado é que são 3 os cenários apenas dessa fase. Desses cenários, 1 é de porte médio, 2 são pequenos. E os três são reutilizados em 1977. Ou seja, serão usados na novela toda. E são 3. Que fique claro: não estou reclamando do Flávio. Só de quem passou a informação de uma maneira a criar problemas onde eles não existem”’, disse ele.

Dando continuidade a sua explicação, Carlos Lombardi deixa claro que ”Pecado Mortal” pode vir a estrear apenas no próximo ano, confirmando assim, alguns boatos: ”Se há desafios na produção da novela, eles residem na grande quantidade de externas e de cenas de ação nos primeiros capítulos. Sou o primeiro a admitir que a novela é um belo desafio à produção – mas não por conta dos 3 cenários e 3 locações das cenas em 1941. Se – e que fique destacado o SE – a novela não estrear este ano será por decisões de programação e não de impossibilidades de produção”, declarou.

@leonaardogsilva