PEGN 21/10/12 – Empresa que lucra fabricando copos de acrílico

Neste domingo (21), o “Pequenas Empresas & Grandes Negócios” apresenta uma reportagem sobre a fábrica de copos de acrílico de Jeferson Rosa. Há três anos no mercado, por mês, ele fatura R$ 350 mil e produz mais de 400 mil unidades, que são vendidos para bufês, casas noturnas, restaurantes e lojas de utilidades domésticas.

Também no programa, a história da empresária Valéria Mattos, que há seis anos tem chocolates como matéria prima para o seu trabalho e, para tornar seu negócio mais rentável, começou a fazer brindes corporativos com o doce. Hoje a empresa fatura R$ 2 milhões por ano.

Outra reportagem mostra a loja de sapatos femininos confortáveis da empreendedora Luciana Linhares, que mensalmente comercializa cerca de 250 modelos com designs modernos para pessoas que têm problemas nos pés como joanete, esporão, entre outros.

Ainda neste domingo, o programa exibe depoimentos de empresários que cresceram no mercado com a ajuda do Sebrae, que completa 40 anos de história neste mês. Com a ajuda da entidade por aproximadamente 20 anos, Antônio Gomes, fabricante de fontes para máquinas elétricas, desenvolveu conversores de energia solar e eólica. Mensalmente, a empresa vende cerca de 30 fontes de alimentação.

PEQUENAS EMPRESAS E GRANDES NEGÓCIOS
NESSE DOMINGO – 07h16 NA GLOBO

PEGN desse domingo (07) mostra que Ginástica laboral em empresas gera lucro para profissionais da área

Cada vez mais as pequenas empresas incluem ginástica laboral no dia a dia de seus funcionários. Para mostrar esta tendência, o ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ apresenta neste domingo, dia 07, uma reportagem com a professora de educação física e empresária Silva Marquês, que desde 2007 trabalha com essa modalidade e tem um escritório na própria casa para treinar profissionais da área. Hoje, um serviço de ginástica laboral pode custar entre R$ 800 e R$ 10 mil por mês.

Os telespectadores também podem conferir a história dos empresários Helder Morais e Fátima Morais, que produzem velas decorativas desde 2001. Atualmente eles fabricam 200 modelos de velas de todos os tipos e formatos, que são vendidas para 700 clientes em todo o país. Ainda no programa, a empresa de acessórios para alimentação de Roberto Buono, que vende recheadeiras feitas de aço inoxidável, ideais para quem fabrica churros. Mensalmente ele vende mais de 30 máquinas.

Também neste domingo, a empreendedora Francisca Alves, que produz bonecas de pano em um ateliê que montou nos fundos de sua casa em Brasília. Com R$ 10 mil ela comprou matéria-prima e três máquinas de costura. Francisca participa do projeto de capacitação SEBRAE Empreendedor Individual, que a auxilia a formalizar seu trabalho. Atualmente ela produz 30 bonecas por mês, que são vendidas a partir de R$ 15.

PEQUENAS EMPRESAS E GRANDES NEGÓCIOS
NESSE DOMINGO – 07h20 NA GLOBO