Veja em Dona Xepa (19/06/2013) – François tenta intimidar Rosália

François tenta intimidar Rosália e garante que ela não vai destruir o casamento de seu amigo. Meg reclama da visita a Vila, mas é interrompida por mais uma ligação estranha e Lady a observa. Marcos mente para Xepa e decide esperar por Rosália. A feirante comenta com Camila que esse pode ser o noivo da sua filha. Miro espera Dafne, mas acaba acuado por Robério e Graxinha. O mecânico aproveita e rouba uma mecha de cabelo do professor. Matilda aproveita para questionar Miro. Júlio César conta a Vitor Hugo que seu filho com Pérola nasceu morto e revela que ambos traíram seus cônjuges. Édison é abordado por um olheiro, mas desanima ao saber que sua equipe deve ser preparada para uma demonstração na mesma época do workshop. O jovem pede a ajuda de Benito, que recusa diante das responsabilidades de seu curso.

François diz para Vitor Hugo ter cuidado com Rosália, mas garante que a história da jovem parece verdadeira. Feliciano conta a Pérola sobre a visita de Júlio César e garante que eles devem usar Dafne na vingança contra os Pantaleão. Lis liga para Isabela, que desperta e pede a ajuda da cunhada. Vitor Hugo e a irmã socorrem a fotógrafa, que alega ter tido um mal estar. Camila compra comida para servir o “noivo” de Rosália, deixando Dorivaldo e Ângelo assustados com a novidade. Geni conversa com seu amigo de internet e comenta a ausência de fotos no perfil dele. Instigado por Dorivaldo, Benito liga para Júlio César, que mantém a proposta de trabalho ao jovem após a conclusão do curso. Yasmin sugere que Catherine crie um blog de moda e a chefe concorda. Dafne conversa com Miro, que questiona o passado, mas a periguete foge das perguntas e dispensa o professor.

Júlio César manda François organizar uma reunião com os compradores para reverter a situação publica da empresa. O empresário esconde seus exames médicos. Pelo computador, Pérola o observa beber. Meg conta para Lady e Amadeus seus planos de marketing e garante que vai ter um programa de TV. Feliciano se irrita ao ver Pérola com as roupinhas de bebê. A senhora consegue fugir da fúria do deputado ao mostrar François revirando a sala de Júlio César. Rosália se assusta ao ver Marcos, que a ameaça com uma arma. O advogado desiste de machucá-la e garante que a jovem deve a vida a Xepa. Júlio César pede para conversar com Meg e diz que tem uma confissão a fazer. Édison aborda Marcos e o questiona para saber o segredo da irmã. Rosália conta para Xepa que foi ameaçada pelo ex-chefe e seu irmão a enfrenta. Pérola liga para François e pede uma cópia dos exames de Júlio César, deixando o jovem nervoso.

Veja em Carrossel (19/06/2013) – As crianças comemoram a vitória de Cirilo

carrossel: hoje 22/05/2013

Ainda na pista, as crianças comemoram a vitória de Cirilo, mas ficam curiosas pra saber quem é o misterioso corredor ‘D’. Cirilo agradece a ajuda do corredor e lhe convida para fazer parte da Patrulha Salvadora. O piloto misterioso tira o capacete e balançando os cabelos revela, para a surpresa de todos, ser Maria Joaquina. Sorridente, ela agradece o convite de Cirilo e diz que acha que os outros meninos não vão gostar de sua entrada na Patrulha. Cirilo, como os demais, fica sem reação ao vê-la de maneira tão gentil. As crianças fazem perguntas para Maria Joaquina, que explica que aprendeu a dirigir com um primo, dono do carro, que emprestou o automóvel para ela participar da corrida. As meninas comemoram e abraçam a amiga.

Cirilo pede para os pais fazerem uma festa para comemorar sua vitória, eles concordam e convidam todos. Cirilo faz questão de convidar Maria Joaquina e seus pais. Ela não está animada para ir, mas seus pais fazem questão. Jorge fica irritado com a derrota e decide procurar um advogado para pleitear a vitória da corrida, mas o advogado se recusa. Enquanto isso, na casa de Cirilo, a festa acontece, mas o menino está mesmo na expectativa da chegada de Maria Joaquina. Quando ela chega acompanhada dos pais, Cirilo arregala os olhos e parece não acreditar. Ele fica muito feliz. Maria Joaquina diz para as amigas que realmente mudou e evoluiu sua maneira de pensar: “Antes, se eu entrasse nessa casa já estaria me coçando. Mas hoje eu vejo que é uma casa pobre, mas é bem legal”, conta.

Cirilo pergunta se ela o ajudou porque queria que ele ganhasse ou se foi para o Jorge perder. Ela diz que em primeiro lugar não achou justo ele ganhar sabendo que Jorge iria sabotar e em segundo, acha Cirilo um menino muito legal. Cirilo fica encantado e antes dela ir embora, ajoelha aos seus pés e agradece sua presença na festa. Os pais de Cirilo contam para ele que estão pensando em mudar de casa. Suzana vai ao colégio em pleno domingo para mandar um e-mail do computador da diretora Olívia. Ela envia uma foto de Helena e Renê se beijando na boca e escreve um texto questionando a postura da escola. O e-mail é enviado para todos os pais dos alunos da escola.

Suzana só não contava que seria vista por Firmino, que estranha sua presença na Escola Mundial no final de semana. As reações dos pais são variadas ao ver o e-mail. Passados cinco dias, Olívia está investigando quem enviou o e-mail para os pais. A diretora não aguenta mais receber ligações exigindo explicações sobre o tal e-mail. Suzana tenta convencer Olívia a desistir de descobrir o culpado que enviou o e-mail aos pais e sugere que ela puna os verdadeiros culpados, Renê e Helena. A vilã ainda diz que Renê foi vítima e que Helena que sempre se ofereceu para o professor.

Veja em José do Egito (19/06/2013) – Sati revela para Tany que está sendo chantageada por Hapu

Veja em José do Egito (19/06/2013)

Enquanto ensina Benjamin a lidar com um animal, Jacó avista alguém se aproximar do acampamento. É Diná, que chega com as roupas rasgadas. Aos prantos, ela cai nos braços do pai. Selá encontra o pai e o leva até Elisa. Depois de pedir perdão, Diná revela que fugiu de seu marido porque não quer ser uma mulher casada. Bila se assusta quando Lia a confunde com Naamá.

Após uma triste despedida, Elisa morre nos braços de Judá. Ele grita, abraçado ao corpo de sua falecida esposa. Simeon diz a Levi que José vive. Atormentado, ele pede para ficar sozinho. Diná diz ao pai que fugiu porque não conseguia ser tocada por seu marido. Lia chega à tenda, mas não reconhece a própria filha. Sem convicção, ela tenta fingir que conhece a jovem, mas depois de abraçá-la, Lia tem um lampejo de reconhecimento e se lembra. Depois de receber uma cesta de mantimentos das mãos de Mitri, Azenate fica sabendo que Pentephres voltará para o aniversário do Faraó. Após três dias, Thot e Nekau são levados até a presença do Faraó.

O padeiro se desespera. Quando sai da cadeia, a dupla passa por José. O hebreu pede a Nekau para não esquecê-lo quando falar com o soberano do Egito. Simeon se aproxima do poço em que José foi jogado. Abalado, ele encontra o colar de seu irmão, que havia caído na ocasião. Levi chega e estranha, mas Simeon não dá o braço a torcer. O Faraó perdoa Nekau e pune Thot, exatamente como José havia anunciado. Seneb fica impressionado com a precisão das palavras do hebreu. Sati revela para Tany que está sendo chantageada por Hapu. Jacó chama Diná para dizer que seu marido chegou ao acampamento. Em trapos, Azenate chega ao aniversário do Faraó. Apoiada nas leis de sua sociedade, ela pede um julgamento para ter a chance de se defender.

O soberano do Egito decide dar-lhe a oportunidade. O marido de Diná afirma que ficará no acampamento de Jacó caso ela não queira retornar para sua terra. Azenate se defende durante o julgamento. Quando consultado pelo Faraó, Pentephres age estranhamente. Dúbio, ele acha que sua filha deve ser perdoada. Apópi decide livrar Azenate de qualquer punição. Ele exige também que todas as acusações contra ela sejam esquecidas. A jovem se emociona e abraça o pai. Pentephres diz ao pé do ouvido da filha que nunca a perdoará. Ele revela que só a salvou para lavar a própria honra e destaca que jamais permitirá sua felicidade ao lado de José. Pentephres afirma que mandará matar os dois, caso se encontrem novamente. Dois anos se passam. O Faraó tem um pesadelo. Assustado, ele afirma que precisa de alguém que possa interpretá-lo.