CLUB DRAMATURGIA #03: Balacobaco no Ar (BLOCO B)

base 5

lindas

Confesso que gostei das gêmeas Paranhes. As maldosas Diva (Barbara Borges) e Dóris (Roberta Gualda) não são lá muito divertidas, mas as atrizes encontraram exatamente o tom das personagens e são uma das poucas que conseguem prender a atenção do telespectador nas suas sequências.

Separadas, essas gêmeas não tem graça nenhuma, mas quando tão juntas, conseguem arrancar risos e mais risos. Barbara e Roberta merecem o destaque que suas personagens estão ganhando nesta novela.

Veja uma das trapalhadas dessas duas:

base 6

rodrigo-phavanello-interpreta-o-radialista-plinio-em-balacobaco-1348663465937_1920x1080

Plínio foi um dos poucos personagens que me chamaram atenção na novela. Além da brilhante performance do Rodrigo Phavanello ao imprimir um tom sedutor a sua voz, ele tem um potencial para divertir muito o público da novela, todavia não está recebendo muito destaque.

Mas a cônjuge dele está. A chata Violeta (Simone Spoladore) chegou a convencer um pouco no começo, mas depois tudo o que ela fazia era muito repetitivo, o que fazia com que suas cenas começassem a se desgastar.

Veja uma cena do Plínio apresentando seu programa na Rádio Ampola.

base 7

noberto-de-balacobaco-e-o-primeiro-vilao-interpretado-pelo-ator-bruno-ferrari-em-novelas-1349292359104_956x500

Bruno Ferrari é um bom ator, já trabalhou em diversas produções da emissora dos bispos e atualmente encara o grande vilão da novela “Balacobaco”. Porém, há um obstáculo muito complicado que ele tem que compreender para se sair bem na trama: que é o emaranhado de personalidades de seu personagem.

Norberto não é simplesmente um filho incompreendido pelo pai que tenta de todas as maneiras chamar a atenção do progenitor. Ele também é o sócio e irmão invejoso que  cultiva mágoas por causa de um relacionamento passado. Além de tudo, é dono de um cassino clandestino.

Por que Norberto tem tantas personalidades? Essa é fácil. A intenção da autora foi criar um psicopata, um louco, um ser humano cujo coração é de pedra. Ambicioso. Arrogante. Violento. Noberto é uma cópia mal reproduzida do autêntico Leo de “Insensato Coração”, mais ainda uma diferença entre os dois: Leo era experto. Norberto é facilmente enganado por sua noiva e a sogra.

base 8

em-balacobaco-da-record-a-atriz-sera-cremilda-paranhos-trambiqueira-mae-das-gemeas-diva-barbara-borges-e-doris-roberta-gualda-1348244653947_956x500

Salve, Solange Couto. A melhor atriz no elenco do folhetim. Vivendo a Cremilda, uma charlatã que vive de golpes, Solange é a única que realmente vive o personagem intensamente. E digo mais, se há alguém no cast da Record que eu colocaria para viver a “Dona Xepa” seria ela, porém, como já é a Cremi de Balaco essa hipótese não pode existir.

Ela já começa a novela se fingindo de cega com o Zé Maria para ganhar uma grana fácil, uma sequência plausível, que não recorre à violência e à nudez exibida na cena de abertura com o Bruno Ferrari e a Bárbara Borges seminus. Mas a cena que realmente me convenceu que ela era a melhor, foi quando Solange deu vida à madame Castrupe. Veja esta cena:

Momento final da coluna, chegou a hora de atribuir notas à novela. As notas vão de 1 à 5 estrelas. Sendo: NENHUMA ESTRELA (PÉSSIMO), 1 ESTRELA (RUIM), 2 ESTRELAS (FRACO), 3 ESTRELAS (POTENCIALMENTE BOA), 4 ESTRELAS (BOA), 5 ESTRELAS (EXCELENTE). Vamos que vamos.

ELENCO: 

3 estrelas

EFEITOS: 

3 estrelas

FOTOGRAFIA:

4 estrelas

SONOPLASTIA:

2-estrelas

ROTEIRO: 

3 estrelas

CONTINUIDADE: 

4 estrelas

CLASSIFICAÇÃO:  

3 estrelas

NOTA GERAL:

3 estrelas

Para encerrar, vamos assistir a cena do acidente de Isabel, que foi muito bem elaborada.

Théo Becker e Rodrigo Phavanello se estranham nos bastidores da Record

Parece que o santo de Théo Becker não bate muito com o do ator Rodrigo Phavanello, que estará na novela “Balacobaco”,  substiuta de “Máscaras,” na Record. Os dois participaram do “Programa da Tarde” na terça-feira. Antes do programa entrar no começar, os dois ficaram em seus camarins, como já é de costume. A produção iria colocar os dois no mesmo espaço, mas foi surpreendida quando ouviu Theo Becker esbravejar que se recusava a dividir o camarim com o ator. Todos ficaram sem entender nada.

Diante do ocorrido, Rodrigo, muito cavalheiro, foi para outro lugar. Bom, é claro que o fato virou assunto nos corredores da emissora. É bom Théo Becker se cuidar porque já tem gente de olho no comportamento dele. Se voltar a ser explosivo pode ser substituído no quadro que faz ao lado de Nicole Bahls no “Programa da Tarde”. Afinal, a estrela é Nicole , né?

Lincoln André