Manifestações pela reprise de ”Rebelde” no SBT ganham forças nas redes sociais

Record não tem direito da versão mexicana da novela

Depois de se dar bem com os licenciamentos de produtos do sucesso ”Carrossel”, a Televisa torce para que o SBT volte a contar com a novela ”Rebelde” em sua programação. O assunto da reprise da trama de sucesso é tratado de forma discreta na emissora e uns apostam no sucesso desta reapresentação.

No entanto, alguns diretores podem até negar que possuam os direitos da produção, como já ocorreu, aliás. Na semana passada, Fernando Pelégio, que conversava com os fãs a respeito, lhes garantiu isso.

No entanto, o contrato da mexicana com a Record prevê apenas a criação da versão brasileira da novela. Isto quer dizer que o SBT pode negociar os direitos da versão famosa por aqui com os profissionais da Televisa.

Na redes sociais, entre os seguidores da banda não se fala  outra coisa. Desde a semana passada, quando as especulações ganharam mais força, todos se manifestam e passaram a  pressionar a Rede de Silvio Santos, colocando o assunto entre os mais comentados no Twitter, fazendo campanhas e até com uma a organização de uma passeata na frente da emissora, além da divulgação  de um vídeo que circula no Youtube, onde muitos pedem a volta do folhetim.

Confira:

@leonaardogsilva 

SBT nega interesse na reprise de ‘Rebelde’

No Domingo, uma notícia deixou todos os fãs de ‘Rebelde’ bastante contentes. Segundo a jornalista Sonia Racy, do Estadão, a trama deveria voltar a ser exibida pelo SBT, após o término da versão brasileira, produzida pela Record. A intenção era justamente essa, esperar chegar ao fim a adaptação da emissora dos bispos.

Na segunda, o Twitter bombou com a hashtag #RBD2013noSBT, mas ao que parece foi tudo em vão…

Depois de vários sites divulgarem a notícia, a assessoria do SBT revelou que por lá não se pretende voltar com o folhetim de grande êxito em 2005.

‘Não é verdade, não temos o direito (de exibir a novela novamente).Ela (Sonia Racy) comeu bola!’

‘Rebelde’ voltou ao ar este ano, está sendo exibida atualmente pelo canal pago TLN, onde o sinal somente é disponível para a OI TV.

Leonardo Gabriel