CONEXÃO HOLLYWOOD: OS VILÕES, PÉSSIMOS FIGURINOS.

922811_530164310368570_1909168444_n

Olá amantes da arte e da literatura. Hoje abordaremos o mundo imaginário dos quadrinhos (HQ) e suas comparações com o Cinema. Pegaremos como o tema, Os figurinos dos vilões mais famosos da Sétima Arte, mas, com que suas vestimentas não os ajudaram a prolongar os seus sucessos no cinema. Todos os vilões precisam de credibilidade, mas ela também vem com os uniformes que eles usam. Veja os piores uniformes de vilões abaixo:

 

Bane

bane

O primeiro super-vilão da lista é Bane, que está no filme Batman & Robin (1997). Bane é o vilão mais forte, inteligente e mortal de Batman. Porém, neste filme, ele é apenas um fantoche na mão de Hera Venenosa e seu uniforme não é nada assustador, lembrando a de um atleta de luta livre mexicana.

Blackheart

blackheart

O filme Motoqueiro Fantasma (2007), com Nicolas Cage no papel principal, apresenta o vilão Blackheart, filho de Mephisto, o todo poderoso e assustador demônio. No filme, no entanto, ele é um homem com uma capa preta. Totalmente sem graça.

Mercenário

bullseye

No filme Demolidor (2003), Colin Farrell interpreta o vilão Mercenário aparece com um alvo desenhado na testa. Era para ele parecer assustador, mas na realidade, a impressão é que ele usou botox da forma errada.

Charada

the-riddler

Jim Carrey interpretou o Charada no filme Batman Eternamente (1995). Nos quadrinhos, o macacão verde com várias charadas é aceito. Mas, na vida real, Jim Carrey ficou parecendo um cosplay que errou a fantasia.

Hera Venenosa

poison-ivy

A Hera Venenosa no filme Batman & Robin (1997), interpretada por Uma Thurman, usou uma fantasia que a deixou feia. A vilã é conhecida por ser sensual. Obviamente que erraram no figurino.

Duas Caras

two-face

O Duas Caras de Batman Eternamente (1995) também ficou caricato. Completamente diferente do Duas Caras de Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008). Interpretado por Tommy Lee Jones, o Duas Caras aparece com uma fantasia de oncinha que serviria perfeitamente para o carnaval.

Mr. Freeze

mr-freeze

O Senhor Frio do filme Batman & Robin (1997) foi interpretado por Arnold Schwarzenegger. Sua roupa, no entanto, parece um amontoado de plástico cromado que lembra mais um brinquedo do que um super vilão.

Fanático

juggernaut

O Fanático, vilão do filme X-Man 3 – O Confronto Final (2006) em nada lembra o personagem dos quadrinhos. Nos quadrinhos ele é super forte. No filme, parece um gladiador.

Sabertooth

sabertooth

O Dente de Sabre que apareceu no filme X-Men Origens – Wolverine (2009) está de cabelo curtos e dentes minúsculos. Bem menos assustador do que nos quadrinhos.

Destruidor

shredder

O Destruidor, vilão do filme Tartarugas Ninjas (1990), era para parecer um super ninja do mal. Mas a armadura é tão estranha que o vilão quase não consegue mover a cabeça.

E o nosso programa se encerra aqui. Até a próxima amantes! Há e não deixe de votar na enquete abaixo. Expresse sua opnião, deixe sua marca! Qual é, você é ou não é um fã – assim como eu – da Sétima Arte? 🙂

enquetech2013

conexaohollywoodfinal

Confira os indicados ao Globo de Ouro

A entrega dos prêmios ocorre no dia 13 de janeiros com a apresentação de Tina Fey e Amy Poehler.

 

Confira abaixo todos os indicados.

 

Melhor filme (drama)

  • Argo
  • Django Livre
  • As Aventuras de Pi
  • Lincoln
  • A Hora Mais Escura

Melhor filme (musical / comédia)

  • O Exótico Hotel Marigold
  • Os Miseráveis
  • Moonrise Kingdom
  • Amor Impossível
  • O Lado Bom da Vida

Melhor ator (drama)

  • Daniel Day-Lewis – Lincoln
  • Richard Gere – A Negociação
  • John Hawkes – As Sessões
  • Joaquin Phoenix – O Mestre
  • Denzel Washington – O Voo

Melhor atriz (drama)

  • Jessica Chastain –A Hora Mais Escura
  • Marion Cotillard – Ferrugem e Osso
  • Helen Mirren – Hitchcock
  • Naomi Watts – O Impossível
  • Rachel Weisz – The Deep Blue Sea

Melhor ator (musical / comédia)

  • Jack Black – Bernie
  • Bradley Cooper – O Lado Bom da Vida
  • Hugh Jackman – Os Miseráveis
  • Ewan McGregor – Amor Impossível
  • Bill Murray – Um Final de Semana em Hyde Park

Melhor atriz (musical / comédia)

  • Emily Blunt – Amor Impossível
  • Judy Dench – O Exótico Hotel Marigold
  • Jennifer Lawrence – O Lado Bom da Vida
  • Maggie Smith – Quartet
  • Meryl Streep – Um Divã para Dois

Melhor ator coadjuvante

  • Alan Arkin – Argo
  • Leonardo DiCaprio – Django Livre
  • Philip Seymour Hoffman – O Mestre
  • Tommy Lee Jones – Lincoln
  • Christoph Waltz – Django Livre

Melhor atriz coadjuvante

  • Amy Adams – O Mestre
  • Sally Field – Lincoln
  • Anne Hathaway – Os Miseráveis
  • Helen Hunt – As Sessões
  • Nicole Kidman – The Paperboy

Melhor diretor

  • Ben Affleck – Argo
  • Kathryn Bigelow – A Hora Mais Escura
  • Ang Lee – As Aventuras de Pi
  • Steven Spielberg – Lincoln
  • Quentin Tarantino – Django Livre

Melhor roteiro

  • Mark Boal – A Hora Mais Escura
  • Tony Kushne – Lincoln
  • David O. Russell – O Lado Bom da Vida
  • Chris Terrio – Argo
  • Quentin Tarantino – Django Livre

Melhor filme em lingua estrangeira

  • Amour (Áustria)
  • A Royal Affair (Dinamarca)
  • Intocáveis (França)
  • Kon-Tiki (Noruega, Reino Unido, Dinamarca)
  • Ferrugem e Osso (França)

Melhor longa animado

  • Valente
  • A Origem dos Guardiões
  • Frankenweenie
  • Detona Ralph
  • Hotel Transilvânia

Melhor trilha sonora original

  • Mychael Danna –As Aventuras de Pi
  • Alexandre Desplat – Argo
  • Dario Marianelli – Anna Karenina
  • Tom Tykwer – A Viagem
  • John Willians – Lincoln

Melhor canção original

  • “For You” – Ato de Coragem
  • “Not Running Anymore” – Stand Up Guys
  • “Safe & Soud” – Jogos Vorazes
  • “Skyfall” – 007 – Operação Skyfall
  • “Suddenly” – Os Miseráveis

Melhor série (drama)

  • Breaking Bad
  • Boardwalk Empire
  • Downton Abbey
  • Homeland
  • The Newsroom

Melhor atriz em série dramática

  • Connie Britton – Nashville
  • Glenn Close – Damages
  • Michelle Dockery – Downton Abbey
  • Claire Danes – Homeland
  • Julianna Margulies – The Good Wife

Melhor ator em série dramática

  • Steve Buscemi – Boardwalk Empire
  • Bryan Cranston – Breaking Bad
  • Jeff Daniels – The Newsroom
  • Jon Hamm – Mad Men
  • Damian Lewis – Homeland

Melhor série (comédia / musical)

  • The Big Bang Theory
  • Episodes
  • Girls
  • Modern Family
  • Smash

Melhor atriz em série musical ou de humor

  • Zooey Deschanel – New Girl
  • Julia Louis-Dreyfus – Veep
  • Lena Dunham – Girls
  • Tina Fey – 30 Rock
  • Amy Poehler – Parks and Recreation

Melhor ator em série musical ou de humor

  • Alec Baldwin –30 Rock
  • Don Cheadle – House of Lies
  • Louis C.K. – Louie
  • Matt Leblanc –Episodes
  • Jim Parsons – The Big Bang Theory

Melhor minissérie ou telefilme

  • Game Change
  • The Girl
  • Hatfields & McCoys
  • The Hour
  • Political Animals

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Hayden Panettiere – Nashville
  • Archie Panjabi – The Good Wife
  • Sarah Paulson – Game Change
  • Maggie Smith – Downton Abbey
  • Sofia Vergara – Modern Family

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Max Greenfield – New Girl
  • Ed Harris – Game Change
  • Danny Huston – Magic City
  • Mandy Patinkin – Homeland
  • Eric Stonestreet – Modern Family

Melhor atriz em uma minissérie ou telefilme

  • Nicole Kidman – Hemingway & Gellhorn
  • Jessica Lange – American Horror Story: Asylum
  • Sienna Miller – The Girl
  • Julianne Moore – Game Change
  • Sigourney Weaver – Political Animals

Melhor ator em uma minissérie ou telefilme

  • Kevin Costner – Hatfields & McCoys
  • Benedict Cumberbatch – Sherlock
  • Woody Harrelson – Game Change
  • Toby Jones – The Girl
  • Clive Owen – Hemingway & Gellhorn

Conexão Hollywood: As faces do Batman no Cinema

Batman, homem morcego, O Cavaleiro das Trevas, O Cruzado Encapuzado, O Detetive das Sombras, O Dono da Noite, qual seria o verdadeiro sentido desse super herói ? Nunca houve tantas dúvidas sobre um personagem tão impermeável, sombrio. Sem necessidade nenhuma Batman não tem nenhum super-poder, após presenciar o assassinato dos pais, Bruce se tornou um filantropo, viajou por todo mundo com o objetivo de compreender a mente dos criminosos. Aperfeiçoou sua condição física e mental, treinando todo tipo de artes marciais e técnicas de combate (o trauma de ver seus pais mortos com tiros de revólver lhe deu aversão a armas de fogo). Conexão Hollywood desse Domingo (24/05) vai revelar, vai se aprofundar na vida do Bilionário Bruce Wayne, a conexão entre o personagem nos HQs e os variados intérpretes do próprio que já teve no Cinema.

Batman no Cinema nas Décadas de 80 e 90

O Pesonagem se consagrou na Quadrilogia que ficou marcada desde o final da década de 80 até meados de 1998. Batman, de 1989, abordou a vida de Bruce desde sua infância até a descoberta do seu “eu” interior, a sede de vingança não satisfeita, Bruce se tornou Batman – O Homem morcego. O Filme contou como o próprio interpretado por Michael Keaton (Herbie – Meu Fusca Turbinado, A Filha do Presidente), e seu arque-inimigo Coringa teve um destaque á mais com a genialidade de Jack Nicholson (obviamente, não chegou aos pés do Heath Leadger em 2008) que, inclusivimente foi Indicado ao Oscar de Melhor Ator. A Sequência, Batman: O Retorno, veio 3 anos depois dirigida também por Tim Burton (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Planeta dos Macacos). O Filme se foca na origem do vilão Pinguim (Danny DeVito) que foi jogado pelos seus pais no rio de Gotham City devido á seuas deformações de nascença. Diferente do filme anterior, o elenco foi trocado de cabo á rabo, o único que se manteu foi o Batman de Michael Keaton. A Mulher-Gato veio com tudo nas belas curvas de Michelle Pfeiffer (Hairspray – Em busca da fama, Nunca é tarde para amar). Batman Eternamente, o terceiro e menos importante filme, na minha opinião, foi um esculacho, focou-se como sempre no Batman (Val Kimer) salvando Gotham que, se deparou com 2 grandes inimigos (o ponto chave que pediria socorro á Tim Burton) duas-caras (Tomy Lee Jones) e Charada (muito, mas muito confundido com o Coringa) que foi sem sombras de dúvidas o pior papel de Jim Carrey. O Filme não teve nenhuma Indicação ao Oscar, graças ao bom Deus. O Quarto e último filme foi mediano, teve um orçamento caríssimo, cerca de 125 Milhões de dólares e como já previsto, foi um fiasco nas bilheterias, lucrou apenas 238.207.122 Milhões de dólares alguns filmes como Jogos Vorazes e Independence Day tiveram um orçamento menor e lucraram o dobro, o triplo, o quádruplo que ele. Lembrei dos boatos recentes sobre a sexualidade do Batman qu fizeram, mas nessa época do filme gerou-se uma polêmica sobre a possível homossexualidade dos personagens. Não podemos nos esquecer a ridículo atuação de George Clooney que manchou mas do que já era a imagem do filme.

A Trilogia do Século 21

2005, uma nomerologia talvez, mas não. Significa o início de uma nova era, de uma nova vida, de uma nova série de atuações brilhantes nunca vistas antes dentro do personagem do Homem-Morcego. Tudo isso se cituou em 2005, Christopher Nolan criou a revolução do século no Cinema, o Batman voltou aos cinemas novamente depois de 8 anos esquecido (bota esquecido nisso, depois do fiasco de 1995 e 1997). O Filme Batman Begins se focou novamente como no original de 1989 na infância de Bruce Wayne que, como todos sabemos viu seus pais sendo assassinados. Depois da grande transformação feita por Henri Ducard (Liam Neeson) na ninjitsu, quem pratica carrega o título de Samurai. O Terror, o suspense e o medo tomam conta do filme, com a entrada do grande vilão psicofarmacologista Espantalho que, tinha como objetivo introduzir em Gotham city uma toxina que induz o medo. O Segundo e mais Supreendente filme, Batman: O Cavaleiro das Trevas (o título foi tirado de um de seus HQs, era um nome usado para descrevê-lo) que mostrou a capacidade anormal de Batman (Christian Bale), a loucura anti-social do Coringa (Heath Ledger) que lhe rendeu o Oscar de melhor Ator Coadjuvante. A Cidade de Gotham já não é a mesma nesta sequência, Coringa abalou-a com todo seu terrorismo (para ele, uma simples diversão) e ainda o fiel amigo de Bruce Harvey Dent, que após sofrer nas mãos do coringa fica com metade de seu rosto deformado, se tranformando no Duas-Caras (esse sim foi digno, Tomy Lee Jones estragou a imagem do vilão). Emoção do começo ao fim, como se diz, O Cavaleiro das Trevas não terminou, é apenas o começo do grande final. O Final da trilogia não está pre-definido, alguns detalhes do filme foram revelados nos Trailers e clips lançados, as imagens sombrias e duvidosas do vilão da vez do filme, Bane. O Filme continua com boa parte do elenco já predestinado pela saga graças ao sucesso (Christian Bale, Michael Caine, Gary Oldman, Morgan Freeman) as únicas novidades são o próprio Bane (Tom Hardy) como citei e a Mulher-Gato (Anne Hathaway). Espero muito mais desse filme, que seja um imenso sucesso nas bilheterias, que chova indicações ao Oscar, que chova premiações e nomeações, porque esse trabalho que Christopher Nolan desenvolveu nesses 6 anos foi uma coisa perfeita por isso já aviso os fãs, 27 de julho de 2012 vamos lotar os cinemas e aplaudir essa obra-prima de Nolan !

O único modo razoável de se viver neste mundo é sem regras!

Heath Ledger, Coringa.

Thiago Oliveira – Crítico de Cinema / @ThiiihOliveira