Traição e decepção marcam reta final de Avenida Brasil

Escritor e psicólogo Alexandre Bez faz análise das emoções vividas pelos personagens da trama

Na reta final da novela Avenida Brasil, Tufão (Murilo Benício) finalmente descobre quem é, ou melhor, quem foi a sua ex-mulher Carminha (Adriana Esteves). A personagem enganou o marido durante toda a trama e decepcionou não só a ele, como toda a família. Segundo o escritor e psicólogo Alexandre Bez, especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami, os motivos pelos quais levam as pessoas a cometerem a traição, são muitos, mas podemos destacar alguns como: a falta de sentimento, a negligência relacional pela constituição do caráter e a ganância econômica, ou seja, a pessoa adquiriu o matrimônio somente com esse propósito.

A primeira reação de quem é traído é a negação, que recusa-se veementemente a acreditar no fato. A segunda é o espanto, o indivíduo fica em estado de “admiração”, evidentemente que no sentido negativo. A terceira reação é a de decepção, a pessoa consegue processar a informação da traição, sendo verdadeira.

Nessa etapa dolorosa de um relacionamento muitas coisas surgem na mente daquele que é enganado. Dúvidas, perguntas, considerações pessoais, lembranças de momentos vivenciados, planos futuros, desejos permanecidos no passado, e outros, farão parte de um pacote que invadirá a mente do traído. Este misto de sentimentos se reuniram com uma única finalidade: proporcionar (ou ao menos, tentar) um possível entendimento sobre a indesejável situação ocorrida. A questão é que a resposta pode vir ou não, então o que fazer com a decepção? Confira as dicas do especialista:

  • Não se deixe abater pela confusão mental. Isso faz com que o indivíduo se aprofunde em pensamentos negativos, especialmente pela possível imaginação, de que tudo aquilo que viveu era uma mentira.
  • Mantenha a organização pessoal, com as ideias equilibradas, fica mais tranquilo a tarefa de habitar no meio.
  • Se reestruture emocionalmente, para isso as duas etapas anteriores tem que estar concluídas.
  • Não se culpe por ter sido ingênuo, os traidores agem em sua grande maioria com tamanha perfeição.
  • Entenda que você estava “cego”, mas agora que possui o conhecimento da verdade, use-o de forma conveniente, ou seja, se afastando da pessoa que o traiu, e não se sentindo perdido com isso.
  • Tenha a compreensão de que as pessoas se apaixonam, e às vezes optam pelas escolhas que se mostram erradas, mas isso não é uma vergonha e não pode acabar com a autoestima do apaixonado e traído(a).
  • Não estacione na traição, vá à luta e entre num novo relacionamento. Mas antes disso, esteja totalmente composto e refeito.
  • Preste atenção nas atitudes e não só nas palavras do novo(a) companheiro.
  • Finalmente, não procure alguém parecida com a(o) ex.

Em Avenida Brasil, vemos que Carminha traia Tufão, com propósitos pré-estabelecidos, sem arrependimentos e com uma enorme dissimulação teatral. Já Muricy (Eliane Giardini), que se envolveu de novo com o ex marido Leleco (Marcus Caruso), não tinha os mesmos intuitos de Carminha, preocupando-se com o atual namorado Adauto (Juliano Cazarré), para este não sofrer. Embora os motivos de ambas sejam diferentes, os sofrimentos provocados no outro são os mesmos.

Encontro com Fátima Bernardes 19/09/2012 – Fabiana Karla e Christine Fernandes vão participar de papo sobre traição

Fabiana Karla e Christine Fernandes vão participar de debate sobre traição e herança (Foto: Divulgação/TV Globo)

O quadro ‘Quem tem Razão’ desta quarta, 19, vai contar uma história de traição. Uma mulher, casada há mais de 30 anos e com dois filhos, perde o marido. Depois do enterro, ela descobre que ele tinha uma amante há mais de 10 anos.

Além do choque emocional de ter sido traída durante tanto tempo, ela precisa passar por uma disputa financeira, já que a amante quer dividir a pensão que ele deixou. Quem tem razão nesse caso? A amante, que quer dividir o dinheiro, ou a mulher, que acha que a pensão deve ser só dela? As atrizes Fabiana Karla, a Olga de Gabriela, e Christine Fernandes vão opinar sobre essa situação.

Além de um debate quente sobre traição e herança, o programa também vai ter um papo com o jornalista Pedro Bassan. Ele começou a carreira cedo, batalhou e conseguiu um lugar de destaque no mercado de trabalho. No palco, o correspondente internacional vai falar um pouco sobre sua carreira.