”Dona Xepa” deverá ser a substituta de ”Balacobaco” á partir de Abril

Caso nada mude…

Se nada mudar até o final do mês de Janeiro, do que foi planejado pelos executivos da Record para entrar no ar no primeiro semestre deste ano, a substituta de ”Balacobaco” deverá ser o remake de ”Dona Xepa”. Inicialmente, ela estava cotada para inaugurar um segundo horário de novelas da emissora, porém, ficou estabelecido que este novo horário passará a integrar a grade de programação apenas quando o principal na área de Teledramaturgia, o da faixa das 22h00 estiver reestruturado.

Após o fim da trama, a substituta deverá ser ”Vida Bandida”, de Carlos Lombardi, que ainda têm título provisório.

Em Tempo: A Record prepara para colocar no ar após o fim de ”Sansão e Dalila” a série ”CSI”, que ficou um bom tempo sendo exibida nesta faixa. Com o encerramento da ”Fazenda de Verão”, que deverá ter apenas esta temporada, entra no ar (no dia 30 deste mês) ”José do Egito”, a nova minissérie bíblica. As chamadas já estão no ar.

 

Jonas Bloch fará parte da novela de Carlos Lombardi na Record

Trama se chamará ”Vida Bandida”

Ator, em cena de Máscaras

 (Atualizado) – Após ter feito ”Máscaras” recentemente como o Big Blond, e de ter atuado no especial ”A Tragédia da Rua Das Flores” como Timóteo, o ator Jonas Bloch já tem outro trabalho dado como certo na Record. Além de outros nomes confirmados, ele estará em ”Vida Bandida”, título provisório da próxima novela das 22h00 da Record. Ela é a primeira de autoria de Carlos Lombardi em nova casa. Ambos irão novamente fazer parceria, já que em 2002 ele atuou em ”O Quintos dos Infernos”, de autoria de Lombardi.

Jonas Bloch está na Record há seis anos. Estreou na emissora em 2006 na novela ”Bicho do Mato”, como o vilão Ramalho. De lá pra cá, participou de mais 5 produções.

Leonardo Gabriel

Carlos Lombardi revela título provisório de sua novela na Record

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121225191225.jpg

Carlos Lombardi, recém contratado da Record twittou o título provisório de sua primeira novela na Record.

“Vida Bandida” é o nome até agora. Ele também adiantou que a sua novela será de época e se passará na década de 70. “A história se passa num Rio de Janeiro diferente .Posso dizer até que a novela é de época, já que se passa em 1977, e foi mais ou menos por aí que o tráfico de drogas entrou mais pesado na cidade, substituindo os bicheiros que tomavam conta dos morros”, explicou o roteirista.

“Vida Bandida” já tem nomes como os de Betty Lago, Jussara Freira, Bianca Rinaldi, Carla Regina e Mel Lisboa, tem a direção de Alexandre Avancini e poderá estrear depois do término de “Balacobaco”.

Gabriel Henrique